Prata da casa” Guilherme Reis é um dos destaques no Aloha Spirit Festival

Gui Reis. Foto Jorge Mesquita

Prata da casa” Guilherme Reis é um dos destaques na abertura do Aloha Spirit Festival, em Ilhabela

Publicidade

Prata da casa e com total identidade com o evento, onde deu seus primeiros passos no esporte, Guilherme dos Reis tem tudo para voltar a ser um dos grandes nomes no Aloha Spirit Festival, que terá a etapa de abertura nos próximos dias 23 a 25 deste mês, em Ilhabela. Aos 19 anos e dono de nada menos que quatro títulos brasileiros no stand up paddle (Sup), o atleta competirá na sua modalidade oficial, tanto na prova longa quanto na técnica, também ajudará a sua equipe Base Alpha na va’a OC6 e completará a maratona de disputas no Waterman, um triathlon aquático, com natação, sup e paddleboard.

As disputas serão na Praia do Perequê, local tradicional do Aloha Spirit e exatamente onde Gui começou a competir e treina diariamente, tendo a Base Alpha como retaguarda. “Competi o sup na Kids e fiquei em terceiro. Meu pai ficou em sexto. A gente viu que tinha potencial para poder ir melhor nas provas. Começamos a treinar e gostando cada vez mais”, lembra o filho de Paulo dos Reis, o Paulão, um dos principais nomes do Sup e do va’a.

Apesar de se dividir entre quatro provas desgastantes, a prioridade ficará mesmo para o sup. “Minha foco é o stand up! As outras disputas vou tentar fazer bem”, fala Gui, confirmando ter fôlego para todas as disputas e enfrentar o desgaste. “Com certeza. Treino para isso”, enfatiza.

O início no esporte foi em 2012, justamente no Aloha Spirit. Ele foi três vezes campeão brasileiro júnior e, como profissional, faturou mais quatro conquistas, duas no Circuito, em 2016 e 2017, além das modalidades Sprint e maratona. “Quando entrei de vez como profissional, em 2014, fiquei em sexto. No ano seguinte fui vice, com vitória do Animal (Luiz Guida) e ganhei os dois últimos anos”, conta Gui, também motivado para vencer em casa novamente.

“Meu objetivo é ganhar no sup. Mas a gente sabe que tudo pode acontecer. Ganhei os dois anos passados e quero de novo agora”, fala o atleta, explicando a sua intensa preparação esportiva: “Toda segunda, quarta e sexta-feira eu faço sup de manhã e de tarde e capoeira de noite. Na terça e quinta, sup de manhã, canoa de tarde e jiu-jitsu de noite”.

Maior evento de esportes aquáticos da América Latina, o Aloha Spirit Festival terá disputas de Va’a/canoa polinésia, OC6, OC2 e OC1, Surfski individual ou duplas, Natação em águas abertas 1.500 e 3.800m (esta válida como seletiva para a prova de Alcatrazes) e Water Relay 5x200m, Waterman, Apneia, Stand Up Paddle profissional e amador e Paddleboard. Outra atração será o slackline, com gestão da Gibbon.

Além das disputas esportivas, o evento contará com atividades culturais, como o Festival Aloha Spirit de Cinema. O Aloha Spirit 2018 tem os patrocínios de Booking.com, Riachuelo e Prefeitura Municipal de Ilhabela. Apoios: Fina Frutas, Aqua Sphere e Linktel. Realização: Associação Magna de Desportes com produção da Ecooutdoor.

Saiba mais sobre o Aloha Spirit, no site oficial www.alohaspirit.com.br e nas redes sociais: youtube.com/alohaspiritBR,instagram.com/alohaspiritbrasil e facebook.com/AlohaSpiritBrasil

FOTOS DIVULGAÇÃO.