Praia do Tombo será a próxima parada do Hang Loose

Sophia Medina. Foto Munir El Hage

Hang Loose Surf Attack tem 3ª etapa confirmada para a Praia do Tombo, em Guarujá, dias 20 a 22 de setembro

A Praia do Tombo, em Guarujá, será a próxima parada do Hang Loose Surf Attack, o mais tradicional circuito de base do País e que define os campeões paulistas para atletas com até 18 anos. A 3ª e penúltima etapa do ranking está confirmada para os dias 20 a 22 de setembro, reunindo mais de 230 atletas, divididos em seis categorias, e já pode definir títulos por antecipação.

É o caso da disputa entre as meninas, com Sophia Medina, única atleta com 100% de aproveitamento e que já pode comemorar o segundo título seguido na feminina sub16. Entre os mais novos, as chances também são boas de os campeões serem conhecidos com uma etapa de antecedência. Na estreante (sub12), Murillo Coura, de São Sebastião, aparece como favorito e depende só de sua performance.

Anuar Chiah. Foto Munir El Hage
Publicidade

Na iniciante (sub14), Ryan Kainalo, de Ubatuba, pode comemorar o seu sexto caneco com apenas 14 anos de idade, em caso de nova vitória. Na petit (sub10), kailani Renno, também de Ubatuba, está empatado com o paranaense Anuar Chiah. Outros dois nomes que competem motivados são Caio Costa, de São Sebastião, e o catarinense Heitor Mueller. O atleta paulista é líder da mirim (sub16) e segundo na júnior (sub18), invertendo as posições com o competidor de Santa Catarina.

 

Em sua 31ª edição consecutiva, o Circuito Paulista começou em 1988 e, desde 1995, tem o patrocínio da Hang Loose, marca que tem muita história na modalidade, também com a realização de nada menos que 35 etapas do Mundial, (inclusive do CT), 14 delas em Fernando de Noronha. Entre os nomes revelados no trabalho de base estão ícones como os campeões mundiais da World Surf League (WSL), Gabriel Medina e Adriano de Souza, além do top do ranking 2019, Filipe Toledo – os três com coleções de troféus do Hang Loose Surf Attack enquanto amadores.

O Hang Loose Surf Attack 2019 tem os patrocínios de Sthill, Super Tubes, Surf Trip, Kyw, Overboard Action Sports Store, Hot Water, Rhyno Foam e CT Wax. Apoios da Prefeitura Municipal de Guarujá, Associação de Surf de Guarujá (ASG), Governo do Estado de São Paulo/Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude, com divulgação de Waves e FMA Notícias. Organização da Federação Paulista de Surf.

Caio Costa. Foto Munir El Hage

RANKING APÓS 2 ETAPAS

JÚNIOR (SUB18)

1 Caio Costa – São Sebastião – 1.656

2 Heitor Mueller – SC – 1.458

3 Pedro Bianchini – São Sebastião – 1.240

4 Vinicius Parra – Santos – 1.092

Heitor Mueller. Foto Munir El Hage

MIRIM (SUB16)

1 Heitor Mueller – SC – 1.810

2 Caio Costa – São Sebastião – 1.539

3 Diego Aguiar – Ubatuba – 1.431

4 Leo Casal – SC – 1.330

Isabela Saldanha. Foto Munir El Hage

FEMININA (SUB16)

1 Sophia Medina – São Sebastião – 2.000

2 Isabela Saldanha – São Sebastião – 1.458

3 Nairê Marquez – Ubatuba – 1.341

4 Luana Reis – São Sebastião – 1.330

4 Sophia Gonçalves – São Sebastião – 1.330

Ryan Kainalo. Foto Munir El Hage

INICIANTE (SUB14)

1 Ryan Kainalo – Ubatuba – 1.900

2 Pedro Rian – CE – 1.556

3 Guilherme Fernandes – Ubatuba – 1.385

4 Lucas Cainan – PR – 1.159

Antonio Vitorino. Foto Munir El Hage

ESTREANTE (SUB12)

1 Murillo Coura – São Sebastião – 1.900

2 Ryan Araújo – Guarujá – 1.656

3 Daniel Duarte – Bertioga – 1.629

4 Antonio Vitorino – SC – 1.341

PETIT (SUB10)

1 Anuar Chiah – PR – 1.900

1 Kailani Rennó – Ubatuba – 1.900

3 João Vitor – São Sebastião – 1.466

3 Calebe Simões – Ubatuba – 1.466

CIDADES

1 São Sebastião – 2.000

2 Ubatuba – 1.800

3 Guarujá – 1.620

4 Praia Grande – 1.385

4 Santos – 1.385