Maurício Duarte pode voltar a ser campeão paulista universitário de surf

Dez anos depois do primeiro título, Maurício Duarte pode voltar a ser campeão paulista universitário de surf na categoria formados

Dez anos depois do primeiro título, já na categoria formados, o santista Maurício Duarte pode voltar a ser campeão na histórica 20ª edição do Circuito Paulista Universitário de Surf, que terá a sua decisão no sábado e domingo (1º e 2), na Praia de Maresias, em São Sebastião. Formado em Direito e hoje professor, pesquisador e consultor jurídico, ele nunca deixou de surfar e promete levar a sério a disputa.

Publicidade

Ele foi o vencedor da etapa inicial, em Ubatuba, superando atletas mais novos, como Kaipo de Jesus (Unaerp), de Guarujá, filho do ícone Jojó de Olivença, o segundo colocado. “Competição é sempre a sério, mas é claro que o momento é diferente dos tempos de amador e as preferências são outras – família, amigos, trabalho”, diz o atleta de 40 anos, formado em 2003. “Gosto muito de competir em Maresias, minha onda favorita no Brasil, ao lado da Guarda do Embaú”, revela o campeão da edição de estreia da categoria formados em 2008.

Mestre em Direito Ambiental e doutor em Direito Político e Econômico pelo Mackenzie, ele dá aulas de Direito Constitucional, Direito Ambiental e também Direito do Mar/Marítimo, duas áreas totalmente ligadas com o estilo de vida do surfista. “Minha tese de doutorado fiz um estudo jurídico inédito das áreas marinho-costeiras, com destaque às reservas de surf. com muito orgulho, obtive meu título de doutor em agosto deste ano pela Universidade Presbiteriana Mackenzie, mas também tive parte de meu doutorado realizada na australiana University of New England”, conta.

Para ele, estar no evento que une o esporte que sempre praticou com o ambiente acadêmico, é excelente. “Pois esporte e educação devem seguir como irmãos siameses”, exemplifica. “Participar da história do circuito universitário de surf mais importante do País é muito legal. Agora, o momento é de conversar, tanto sobre surf, como sobre as pesquisas. Tenho exemplo de um competidor estudante que me disse estar lendo um artigo meu recentemente publicado numa revista jurídica”, completa.

Junto à categoria formados, o 20º Circuito Paulista Universitário de Surf terá disputas na open (alunos que estudam no litoral), paulistana (para estudantes na capital e interior) e feminina. Na areia, o evento tem vários atrativos gratuitos, além da escolha da Garota Universitária e a festa à noite.

O 20º Circuito Paulista Universitário de Surf é uma promoção do Ibrasurf e da Flux Experiences & Entertainment. Projeto realizado através da Lei Paulista de Incentivo ao Esporte, da Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude do Governo do Estado de São Paulo. Patrocínios da Quiksilver, 51 Ice e Decathlon, com apoios da Roxy, Kanaloa, Surfing Village, Cabañas Paraty e Moosse. Apoio de mídia: Off e Waves. Realização da Associação Paulista de Surf Universitário, em parceria com a Federação Paulista de Surf, Prefeitura Municipal de São Sebastião, Associação de Surf de São Sebastião (ASSS) e Associação de Surf de Maresias (ASM).

Mais informações: www.ibrasurf.com.br e nas redes sociais facebook.com/ibrasurfoficial e instagram.com/ibrasurf/.

FMA Notícias

FOTOS DIVULGAÇÃO: MARCIO ROVAI