Líder do Circuito Medina/ASM de Surf 2016 na sub16 feminina, carioca Júlia Camargo quer encerrar o ano com vitória e título

 

 

Publicidade

Fã do surf e da personalidade de Gabriel Medina, a carioca Júlia Camargo é mais um dos destaques de outro estado que eleva o nível do Circuito Medina/ASM de Surf 2016. A 3ª e decisiva etapa está confirmada para sábado e domingo (19 e 20), na Praia de Maresias, em São Sebastião, e o campeonato que tem como objetivo incentivar os talentos locais e também selecionar os primeiros participantes do Instituto Gabriel Medina, acabou atraindo atletas de várias partes do País

É o caso de Júlia, surfista da praia da Barra, no Rio de Janeiro. A competidora de 14 anos é a líder do ranking na categoria sub16 feminina, empatada com Carol Bonelli, de Saquarema, outro grande talento da modalidade, e compete querendo a vitória e o título. “Tomara que tenha altas ondas. Treinei muito para ir com tudo. Estou muito animada e feliz com o meu resultado”, diz a atleta, que foi terceira colocada e depois segunda nas duas etapas iniciais.

Com o sonho de seguir carreira, ela tem o apoio total do pai, Oscar, também surfista e que a colocou em cima de uma prancha aos cinco anos. “Meu pai sempre me incentivou a surfar, a treinar. Me inspiro muito no Medina. Surfa muito. Entre as mulheres, sou fã da Tatiana (Weston-Webb, brasileira naturalizada havaiana, atual 4ª colocada no CT)”, afirma Júlia, elogiando a iniciativa do primeiro brasileiro campeão mundial de surf em criar o seu instituto. “É sensacional um atleta fazer isso para retribuir para os outros surfistas e para o Brasil”.julia-camargo-por-jorge-mesquita

O Circuito Medina/ASM de Surf 2016 também conta com as categorias sub16, sub14, sub12 e sub10 masculinas e a sub12 feminina. O Circuito é patrocinado pelo próprio Medina e serve como primeiro critério de qualificação para os surfistas integrarem a primeira turma do Instituto Gabriel Medina, que entra em atividade no início de 2017.

Os campeões gerais da sub16 (masculina e feminina), sub14 e sub12 (ambas na masculina) ganharão passagens aéreas para a Califórnia. A premiação também conta com pranchas para os talentos locais. Já os primeiros da etapa levam troféus e kits.

INSTITUTO GABRIEL MEDINA – O Instituto Gabriel Medina está sendo erguido em Maresias, exatamente na praia onde o campeão mundial aprendeu a surfar. A ideia partiu do próprio surfista, em parceria com o pai e técnico, Charles Saldanha, e a mãe, Simone, como forma de retribuir ao esporte o sucesso alcançado. A proposta é aplicar a mesma metodologia de treinamento aos novos talentos empregada no ídolo esportivo para alcançar o posto de número 1 do Mundo.

No total, serão 60 beneficiados, tanto no masculino quanto no feminino, com até 16 anos de idade. Os participantes terão treinos técnicos e físicos, aulas de idiomas e informática, refeições. São 336 metros quadrados de frente para o mar, incluindo academia, piscina, auditório, refeitório. Para viabilizar a iniciativa, a captação de patrocinadores será feita com o apoio da Lei de Incentivo ao Esporte, do Ministério do Esporte, com as empresas destinando 1% do IR.

O Circuito Medina/ASM 2016 tem os patrocínios da Oi, Guaraná Antarctica, B.Blend, Vult Cosmética e Rip Curl, com apoios de Wizard Idiomas, Restaurante Terral, Pousada Tambayba, DB Cópias, Cabianca Surfboards, Federação Paulista de Surf, Associação de Surf de São Sebastião e Somar. Realização da Associação de Surf de Maresias (ASM) e Prefeitura Municipal de São Sebastião, através do Departamento de Esportes Náuticos da Secretaria de Esportes.

Imprensa – Gabriel Medina – Fábio Maradei