Leonardo Barcelos quer o bi no Rip Curl Grom Search 2017

Leonardo Barcelos (RJ) no Rip Curl Grom Search 2017 em Geribá, Búzios. Foto: Pedro Monteiro

Vitorioso na etapa passada e atual vice-líder do ranking mirim, o catarinense Leonardo Barcelos quer repetir a comemoração de 2016, com mais um título no Rip Curl Grom Search 2017, na mesma praia de Maresias, em São Sebastião.

Publicidade

No ano passado, o surfista de Imbituba chegou “atropelando” e manteve o alto nível técnico, com 100% de aproveitamento.

Desta vez, a disputa é mais acirrada e ele terá como grande rival outro catarinense, Lucas Vicente. Os dois apresentam um empate técnico, com leve vantagem para o atleta de Florianópolis nesta 3ª e decisiva etapa, nestes sábado e domingo (11 e 12). Também estão na briga Daniel Templar, de Saquarema/RJ, e Eduardo Motta, de Guarujá. O título vale vaga para a final internacional do evento, em 2018, com passagem e hospedagem durante as disputas oferecidas pela Ocean Travel.

Leo, que já está treinando em Maresias, será o representante brasileiro na disputa contra os gringos este ano e diz que a preparação para este evento mundial, lhe garantiu manter a alta performance. “Treinei bastante para chegar junto com o mesmo nível”, comenta. “Fui para o Havaí e me preparei muito. Eu evoluí o meu surf, estou com manobras mais radicais no meu arsenal e também estou surfando mais forte”, conta.

Ele não esconde a ansiedade pela disputa decisiva e espera repetir a boa atuação do ano passado. “A emoção e a expectativa são as mesmas do ano passado. Estou muito ansioso para essa etapa e treinando forte. Não vejo a hora de colocar a lycra e ir para a água fazer o meu melhor. Gosto muito de Maresias. Sem dúvida é uma das minhas praias preferidas. A onda é muito forte e uma das melhores do Brasil”, fala.

“O Lucas é um atleta muito bom e já estou acostumado a competir com ele. Para ser campeão, tenho de dar o melhor do melhor, mas vou focar mais em mim. Vou para cada bateria querendo ganhar de mim mesmo”, revela o campeão de 2016, que tem 1.810 pontos, com um terceiro na etapa de Florianópolis e a vitória em Búzios, apenas 90 pontos atrás de Lucas, vencedor na abertura do Circuito e segundo na disputa seguinte.

AO VIVO – A 3ª e última etapa do Rip Curl Grom Search 2017, apresentado por Guaraná Antarctica, reunirá 120 atletas, divididos em quatro categorias. Também estarão em disputa a grommet (sub12), a iniciante (no máximo 14 anos) e a feminina, que assim como a mirim, com limite de 16 anos e valendo vaga para a final internacinoal, com direito a passagem e hospedagem.

O evento será transmitido ao vivo pela internet, pelo link http://www.ripcurl.com.br/grom-search-ao-vivo, com imagens das ondas, som da locução, feita pelos experientes Paulo Issa e Marcos Bukão, e as notas dos juízes. Na areia, também estão garantidas várias atrações para os atletas e para o público. O grande destaque é o Pico Guaraná, um espaço com distribuição de misturas Guaraná Antarctica e o surf mecânico para todos da praia, além da pintura de pranchas dos competidores com o artista plástico Marcello Macarrão.

O Rip Curl Grom Search 2017, apresentado por Guaraná Antarctica, tem os patrocínios de lojas Sul Nativo, 900 Graus e Overboard, com apoios de Jandaia, Vult Cosmética, Ocean Travel, Coconut’s Hotel, prefeituras de Florianópolis, Búzios e São Sebastião e Fundação Municipal de Esportes de Florianópolis. Supervisão da Fecasurf, Feserj e FPS, com assessoria da FMA Notícias e cobertura da Hardcore.

Por Fábio Maradei

Eduardo Motta (SP) no Rip Curl Grom Search 2017 em Geribá, Búzios – foto: Pedro Monteiro
Maju Freitas (RJ) no Rip Curl Grom Search 2017 em Geribá, Búzios – foto: Pedro Monteiro
Sunny Pires (RJ) campeão Grommet no Rip Curl Grom Search 2017 em Geribá, Búzios – foto: Pedro Monteiro