Hang Loose Surf Attack terá surfista da Argentina brigando por vitória

 

NATURAL DE MAR DEL PLATA, NACHO GUNDENSEN TREINA COM O PAI DE ALEJO MUNIZ EM BOMBINHAS DURANTE O INVERNO

Publicidade

 

Principal e mais tradicional campeonato de base no surf brasileiro, o Hang Loose Surf Attack chama atenção de surfistas até do exterior. O argentino Nacho Gundensen é um exemplo. O surfista de Mar Del Plata competirá novamente no Circuito e aparece como um dos destaques. No ano passado, participou de três etapas e terminou o ranking geral da categoria mirim na quarta colocação e agora compete na júnior na etapa inicial, no sábado e domingo (20 e 21), no Quebra-Mar, em Santos.

O surfista treina em Bombinhas/SC, com o pai de Alejo Muniz, hoje no WCT e que por muitos anos também participou do Circuito. “Desde os 13 anos venho para o Brasil, treinar com o Rubens. Passo o inverno aqui, competindo e treinando. Eu soube do Hang Loose, que era o campeonato mais importante de base e quis competir”, conta Nacho.

Nacho Gudensen Hang Loose Surf Attack Guaruja Foto Munir El Hage.

“Foi difícil conseguir a vaga e gostei muito. Vou tentar competir em todas as etapas, certeza de participar das três primeiras, porque depois volto para Mar Del Plata para competir na minha casa”, afirma o surfista de 17 anos, animado com a participação em Santos. “Eu gosto muito da onda do Quebra-Mar. Treinei bastante o backside e espero que tenha altas ondas”.

HORÁRIO DE INÍCIO – A competição terá 150 surfistas, divididos em cinco categorias. Além da mirim (no máximo 16 anos) e júnior (limite de 18 anos), estarão em ação a iniciante (até 14 anos), estreante (sub12) e petit (10 anos para baixo). Fora do mar, várias atrações para os competidores e público, com brincadeiras e gincanas, valendo kits, bem como ping pong e pebolim, além da distribuição de frutas. A organização avisa que os competidores, em todas as categorias, devem estar presentes à praia no sábado, às 8 horas, quando será definido o cronograma.

O Hang Loose Surf Attack tem a organização da Federação Paulista de Surf, com patrocínios de Overboard Action Sports Store, Hot Water, Super Tubes, Surftrip, Sthill Wet Land e Sunpeak Surf. Apoios de Rhyno Foam, CT Wax, Waves, FMA Notícias, DFS Gol Business e Governo do Estado de São Paulo. Colaboração das prefeituras de Santos, Guarujá, São Sebastião e Ubatuba, Associação Santos de Surf, Associação de Surf de Guarujá, Associação de Surf de São Sebastião e Associação Ubatuba de Surf.

Fábio Maradei – FMA Notícias