Com 150 surfistas, Hang Loose Surf Attack tem início neste sábado no Quebra-Mar, em Santos

 

Com 150 surfistas, de Ilha Comprida até Ubatuba, incluindo da capital, além de participantes de outros quatro estados e mesmo da Argentina, começa neste sábado (20), em Santos, o Hang Loose Surf Attack. A primeira bateria entra no mar às 8 horas, nas ondas junto ao famoso pico do Quebra-Mar, no Parque Municipal Roberto Mario Santini, na praia do José Menino. A organização avisa que todos os competidores, das cinco categorias, devem estar presentes antes do horário inicial, quando será divulgado o cronograma.

Publicidade

Kaue Germano Junior Hang Loose Surf Attack Foto Munir El _Hage

O campeonato define os campeões paulistas nas categorias de base (até 18 anos) e é o mais tradicional do País, tendo revelado os principais nomes do surf nacional, incluindo os dois campeões mundiais, Gabriel Medina e Adriano de Souza. É realizado desde 1988, tendo o patrocínio da Hang Loose de 95 até hoje. “Esse Circuito sempre teve grande importância no cenário brasileiro, sendo um estágio preparatório para os futuros profissionais e agora, com a inclusão do surf na Olimpíada, ganhou ainda mais relevância”, destaca o presidente da Federação Paulista de Surf, Silvio da Silva, o Silvério, organizador da competição desde a edição inicial, junto com Marcos Bukão.

Hang Loose Surf Attack Santos Foto Munir El Hage3

Todas as disputas terão transmissão ao vivo pela internet, no link hangloose.com.br/surfattack2016/. Os espectadores pela telinha do computador ou smartphone poderão assistir as imagens das ondas, escutar a locução direto do palanque e acompanhar as notas dos juízes, com a possibilidade de interagir, enviando mensagens de texto. Já quem estiver no evento terá várias atrações fora do mar, com brincadeiras, como ping pong, pebolim, slack line, gincanas ecológicas e distribuição de frutas.

Dos cinco campeões do Circuito em 2015, quatro estão confirmados. Apenas o dono do título da júnior, Nathan Kawani “estourou” a idade limite e segue carreira como profissional. Eduardo Motta, de Guarujá, foi o melhor da mirim; Kauê Germano, de São Sebastião, o número 1 da iniciante; Diego Aguiar, de Ubatuba, foi campeão da estreante; e Ryan Kainalo, de São Paulo, que faturou a petit, estarão em ação.

Diego Aguiar Hang Loose Surf Attack Santos Foto Munir El Hage

O Hang Loose Surf Attack tem a organização da Federação Paulista de Surf, com patrocínios de Overboard Action Sports Store, Hot Water, Super Tubes, Surftrip, Sthill Wet Land e Sunpeak Surf. Apoios de Rhyno Foam, CT Wax, Waves, FMA Notícias, DFS Gol Business e Governo do Estado de São Paulo. Colaboração das prefeituras de Santos, Guarujá, São Sebastião e Ubatuba, Associação Santos de Surf, Associação de Surf de Guarujá, Associação de Surf de São Sebastião e Associação Ubatuba de Surf.

Fábio Maradei – FMA Notícias

Fotos (Divulgação) Munir El Hage