Circuito Medina de Surf 2018 conhece seus campeões

Campeões do ranking 2018. Foto Caco Reis

Com Gabriel Medina na premiação, irmã caçula Sophia vence 2 categorias e é o destaque na final do Circuito Medina de Surf

Publicidade

EVENTO NA PRAIA DE MARESIAS, EM SÃO SEBASTIÃO, DEFINIU OS CAMPEÕES DA TEMPORADA

Com a presença de Gabriel Medina na premiação, Sophia Medina foi o grande destaque da etapa final do Circuito Medina de Surf 2018, apresentado por Armarinhos Fernando, encerrada neste domingo (11), na Praia de Maresias, em São Sebastião, em frente ao Instituto Gabriel Medina (IGM). A irmã caçula do primeiro campeão mundial venceu duas categorias no evento e garantiu o título geral na sua faixa etária, a sub13, com 100% de aproveitamento e foi a vice na sub15.

Outro grande nome da competição foi Murillo Coura, também atleta do Instituto, que faturou o título da sub11, invicto, e bateu todos os recordes do evento, com a melhor nota do final de semana, 9,5 para levar a Rip Curl Best Wave, e a maior somatória, 18,25 pontos. Sob muito sol e poucas ondas, a etapa definiu os campeões da temporada e além de Sophia e Murillo, ergueram os troféus de melhores do Circuito: Diego Aguiar, de Ubatuba, e Isabela Saldanha, de São Sebastião, na sub15; e Guilherme Fernandes, mais um talento que treina no IGM, na sub13 masculina.

A etapa ainda teve como destaques Luana Reis, de São Sebastião, e Ryan Coelho, surfista da equipe do Instituto, que chegaram a duas decisões. Luana foi a segunda na sub13 e a terceira na sub15, enquanto que Ryan foi o quarto na sub11 e sub13. Outra atração foi a participação de quatro surfistas europeus, da equipe Rip Curl, que estão fazendo estágio no IGM. O espanhol Kai Odriozola faturou a sub13 e o português Matias Canhoto foi o terceiro na sub11.

Além das disputas pelas vitórias e títulos, a etapa final contou com uma bateria, para lá de especial, formada por surfistas autistas, sob organização do projeto Onda Azul, empolgando e emocionando o público. A ação contou com vários voluntários ajudando os surfistas nas ondas, entre eles Simone e Sophia Medina. Os 15 surfistas participantes subiram ao pódio e ganharam medalhas e kits oferecidos por Armarinhos Fernando.

Gabriel Medina

Prestigiando a premiação de todas as categorias, Gabriel Medina falou da satisfação e orgulho de ver os resultados práticos de seu projeto. “Obrigado a todos! Mais um final de semana incrível. Estou muito feliz de poder ver o Instituto fazer esse tipo de trabalho. Parabéns a todos envolvidos e aos atletas. É uma honra receber todos vocês aqui, para mim é um orgulho. É um projeto que sempre sonhei com a minha família e poder ajudar essa nova geração e dar oportunidades”, falou Gabriel, ao lado da mãe, Simone Medina.

“Foi mais um circuito bem realizado, graças a vocês. Isso que me motiva a ir para as etapas do Mundial. Estou indo para mais uma disputa de título em Pipeline e, se Deus quiser, vou fazer o meu melhor e vou trazer esse troféu. Só tenho de agradecer a força que me dão. Vou lá e tentar fazer meu melhor”, reforçou o atual líder do ranking da WSL.

Simone Medina

Presidente do IGM, Simone Medina também falou da satisfação em colaborar diretamente com o Onda Azul, junto ao Circuito, fazendo uma menção especial às mães dos atletas. “Para mim aqui vocês são as maiores, as melhores e as mais fortes. Deus as escolheu porque ele podia contar com vocês. Não foi à toa. Fazer um campeão saudável, com tudo certo é muito fácil, eu quero ver fazer um campeão na situação de vocês”, elogiou emocionada.

Diego Aguiar
Guilherme Fernandes
Isabela Saldanha
Murillo Coura
Sophia Medina

FINAIS – Com poucas ondas, a etapa quase foi adiada, mas a organização decidiu manter as disputas e os atletas garantiram boas performances. A primeira final no mar foi da feminina sub13. Sophia Gonçalves saiu na frente, mas Sophia Medina virou o resultado e confirmou a sua terceira vitória.

“Foi um final de semana incrível. Nunca tinha vencido das categorias nesse Circuito e foi em casa, com a família, meu irmão aqui, meus amigos. Cheguei sem esperar nada, o mar estava difícil, mas achei onda boa, dei meu melhor e surfei bem”, vibrou Sophia, que também foi campeã em 2018 no Rip Curl Grom Search e na estreia da categoria feminina no Hang Loose Surf Attack.

Na sequência foi a vez da sub13, que já tinha definido Gui Fernandes como campeão. Quem surfou melhor foi o espanhol Kai Odriozola. Ele abriu com 6,25 e depois um 7,5, para administrar o resultado. “Foi muito legal vencer aqui, ter mais essa experiência. Esse lugar é incrível”, comemorou Kai. “Não esperava esse título, estava muito difícil e quando os rivais perderam fiquei mais instigado. Foi para terminar bem o ano”, festejou Guilherme Fernandes, que esse ano também foi campeão do Rip Curl Grom Search e vice no Hang Loose Surf Attack.

Depois, as meninas voltaram para o mar. Isabela Saldanha competiu com grande vantagem no ranking para ser campeã e na etapa chegou a liderar, mas Sophia em perfeita sintonia com o mar, conseguiu superar a prima para ter a sua segunda vitória no dia. Para Isabela o título simbolizou a reviravolta na carreira, porque no início do ano, ela chegou a pensar em parar de competir. “Ganhar o Circuito foi muito legal, na frente de casa e agora dei a volta por cima e vou continuar. Quero disputar o QS, seguir adiante”, falou Isabela.

Na categoria sub15, a disputa era entre Diego Aguiar e Ryan Kainalo, mas na final o melhor foi Rodrigo Saldanha, atleta do IGM e conhecedor das ondas locais. Ryan terminou em segundo, mas o terceiro lugar de Diego foi suficiente para levar o título, por uma diferença de apenas dez pontos. “Foi bem difícil essa final, o mar estava com poucas ondas, mas estou amarradão de ser campeão, por ser um circuito forte”, destacou Didi.

Os caçulas fecharam as finais e Murillo Coura, que já havia sido o grande nome no primeiro dia, voltou a surfar bem. “Estou muito feliz. Estava difícil surfar, mas consegui pegar umas ondinhas. E sair campeão, com a melhor nota. Nem esperava sair um 9,5. Felizão”, falou o surfista de 11 anos.

Quem também demonstrava muita felicidade e satisfação era Sandrinha Lamb, uma das coordenadoras do Onda Azul em São Sebastião, pela receptividade do Circuito ao projeto. “Não tenho nem palavras para falar o que foi esse domingo. Quinze surfistas entrando no mar, a Simone, a Sophia ajudando a gente, o Gabriel entregando as medalhas. A Simone dando um depoimento emocionante para as mães. Fantástico”, destacou.

Além do convite para integrarem o IGM, os campeões do Circuito Medina ganharam vagas e inscrições para o Rip Curl Grom Search 2019, troféus especiais e pranchas Cabianca. Na etapa, os finalistas levaram troféus e kits da Rip Curl e as meninas também receberam kits da Vult Cosmética.

Fora do mar, os atletas ganharam squeezes da Wizard Litoral Norte para se divertirem, o público em geral participou do quiz promovido por Armarinhos Fernando, com vários prêmios, e no sábado houve a ação especial do Instituto Supereco, com limpeza da faixa de areia e trabalho de conscientização ambiental. Os resultados completos da etapa e os rankings das cinco categorias estão disponíveis no link www.institutogm10.com.br/ao-vivo/.

O Circuito Medina de Surf 2018, apresentado por Armarinhos Fernando, foi uma realização do Instituto Gabriel Medina, com apoios de Vult Cosmética, Pousada Tambayba, Rip Curl e Wizard Litoral Norte, com supervisão da Federação Paulista de Surf e colaboração da Associação de Surf de Maresias (ASM), Associação de Surf de São Sebastião (ASSS) e da Prefeitura Municipal de São Sebastião, através do Departamento de Esportes Náuticos da Secretaria de Esportes.

RANKING FINAL – APÓS 3 ETAPAS

CATEGORIA SUB15 MASCULINA

1 Diego Aguiar – Ubatuba – 2.620

2 Ryan Kainalo – Ubatuba – 2.610

3 Rodrigo Saldanha – IGM – 2.086

4 Kalany Ratto – RJ – 2.011

CATEGORIA SUB15 FEMININA

1 Isabela Saldanha – São Sebastião – 2.900

2 Sophia Medina -IGM – 2.800

3 Letícia Peixe – São Sebastião 1.997

4 Sophia Gonçalves – IGM – 1.896

CATEGORIA SUB13 MASCULINA

1 Guilherme Fernandes – IGM – 2.629

2 Ryan Kainalo – Ubatuba – 2.341

3 Gabriel Klaussner – Ubatuba – 2.187

5 Ryan Coelho – IGM – 2.041

CATEGORIA SUB13 FEMININA

1 Sophia Medina – IGM – 3.000

2 Sophia Gonçalves – IGM – 2.610

3 Sol Carrion – BA – 2.114

4 Luana Reis – São Sebastião – 1.870

CATEGORIA SUB11 MASCULINA

1 Murillo Coura – IGM – 3.000

2 Daniel Duarte – Bertioga – 2.700

3 Matheus Neves – BA – 2.195

4 Ryan Coelho – IGM – 1.916

RESULTADOS DA 3ª ETAPA

CATEGORIA SUB15 MASCULINA

1 Rodrigo Saldanha – IGM

2 Ryan Kainalo – Ubatuba

3 Diego Aguiar – Ubatuba

4 Kalany Ratto – RJ

CATEGORIA SUB15 FEMININA

1 Sophia Medina -IGM

2 Isabela Saldanha – São Sebastião

3 Luana Reis – São Sebastião

4 Giovanna Donato – São Sebastião

CATEGORIA SUB13 MASCULINA

1 Kai Odriozola – Espanha

2 Guilherme Fernandes – IGM

3 Pedro Rian – CE

4 Ryan Coelho – IGM

CATEGORIA SUB13 FEMININA

1 Sophia Medina – IGM

2 Luana Reis – São Sebastião

3 Sophia Gonçalves – IGM

4 Mayara Zampieri – São Sebastião

CATEGORIA SUB11 MASCULINA

1 Murillo Coura – IGM

2 Daniel Duarte – Bertioga

3 Matias Canhoto – Portugal

4 Ryan Coelho – IGM

Rip Curl Best Wave – Murillo Coura – 9,5 pontos

Fábio Maradei

FOTOS DIVULGAÇÃO: CACO REIS/IGM

Galeria de Imagens