Cerimônia de abertura do Rip Curl Grom Search 2017 é nesta terça-feira

Maresias SP. Foto: Aleko Stergiou

Com a “janela” de espera pelas melhores ondas valendo a partir desta quarta-feira, a Final Internacional do Rip Curl Grom Search 2017 começa oficialmente nesta terça-feira (2), com a cerimônia de abertura, reunindo os 16 surfistas de oito países e o anfitrião Gabriel Medina

Publicidade

O evento está marcado para 16 horas no Coconut’s Maresias Hotel, onde todos os participantes ficarão hospedados durante a realização das disputas e atividades extras.

Uma hora antes, Medina receberá a imprensa e os próprios atletas no Instituto Gabriel Medina (IGM), parceiro oficial do campeonato e que servirá como um dos palcos para as disputas. Ele concede entrevista coletiva para falar do início da carreira, quando já levantou esse troféu, em 2010, na Austrália, e de seu futuro.

Realizada anualmente em algum lugar do Mundo, a competição para surfistas sub16 será disputada pela segunda vez no Brasil, novamente em Maresias, “casa” do primeiro brasileiro campeão mundial de surf. Grandes nomes já disputaram esse título e a galeria de campeões mostra que o evento realmente é um descobridor de talentos. Os irmãos Owen e Tyler Wright (atual campeã mundial do WCT) são exemplos.

Além de Medina, o Brasil já garantiu o caneco com Samuel Pupo, que também é de Maresias, competindo “em casa”, em 2015. Nesta edição, serão quatro brasileiros tentando as vitórias no masculino e feminino. O catarinense de Imbituba, Leonardo Barcelos, e a paulista de Guarujá, Louisie Frumento, campeões do Rip Curl Grom Search Brasil no ano passado, além de dois “wild cards” definidos entre os atletas do IGM, conforme definiu a Rip Curl internacional.

Com vitória já conquistada em Maresias e treinando firme na onda nos últimos dias, Leonardo Barcelos demonstra grande confiança em uma boa apresentação. Ele, inclusive, complementou seus treinos no IGM, sentindo-se mais à vontade ao competir no local. “A expectativa está bem grande, porque é um título muito importante para a minha carreira. Isso pode dar uma boa alavancada na minha carreira. Foi assim com o Gabriel Medina e estou treinando o máximo para fazer um bom campeonato”, diz. “Conheço bom a onda de Maresias e isso ajuda bastante”, completa Léo.

Os rivais dos brasileiros virão de sete países e também foram selecionados nos eventos Rip Curl Grom Search em suas regiões. Estão confirmados Yael Pena, na Espanha; Ellie Turner, do Reino Unido; Rio Waida e Dhea Nastasya, da Indonésia; Caleb Cutmore e Elin Tawharu, da Nova Zelândia; Kade Matson e Caroline Marks, dos Estados Unidos; Jay Brown e Sasha Beker, da Austrália; Gaspar Larragneguy e Catalina Mercere, da Argentina.

A Final Internacional do Rip Curl Grom Search 2017 é apresentada por Coconut’s Maresias Hotel, com apoio do Instituto Gabriel Medina, Prefeitura de São Sebastião, Associações de Surf de São Sebastião (ASSS) e de Maresias (ASM), Federação Paulista de Surf, Ocean Travel.

Divulgação da FMA Notícias.

Realização: Rip Curl.

Fábio Maradei/ FMA Notícias