Caio Costa avança e segue em busca do título

 Caio Costa, Hang Loose Surf Attack Maresias. Foto Munir El Hage

Caio Costa avança e segue em busca do título no Hang Loose Surf Attack

Publicidade

ETAPA CONTINUA NESTE SÁBADO E TEM FINAIS NO DOMINGO NA PRAIA DE MARESIAS

Com chances de terminar o final de semana como campeão em duas categorias, o talento local Caio Costa fez bem seu trabalho nesta sexta-feira (19), primeiro dia de disputas da 4ª etapa do Hang Loose Surf Attack, na Praia de Maresias, em São Sebastião. Ele avançou na sub14 e agora volta a competir no sábado na sub16, as duas faixas etárias que é líder.

A etapa final começou com ondas pequenas, que melhoraram ao longo do dia e a previsão é que aumentem neste sábado. O dia foi reservado para os mais novos, da sub10, sub12 e sub14 e também da feminina. A melhor apresentação foi de Ryan Kainalo, de Ubatuba, na sub14. O surfista que já garantiu o título da sub12 por antecipação marcou 12,25 e segue na briga por mais uma conquista.

Outro rival de Caio é Gabriel Klaussner, também de Ubatuba, foi mais um que se classificou. Em sua estreia no evento, como top no round 2, o líder teve uma bateria dura e ficou em segundo lugar, atrás do catarinense Heitor Muller, que pode chegar ao título geral do Circuito.

Ao sair do mar, ele confessou estar mais aliviado depois da primeira apresentação. “Estava um pouco nervoso. Mas é bom para tirar o stress. Agora é pensar na sub16, tem bastante bateria pela frente. Estou bastante confiante e preparado”, disse Caveirinha, como também é conhecido o atleta do Instituto Gabriel Medina (IGM).

Além de Ryan Kainalo, as melhores performances do dia foram de Heitor Muller, também na sub14, com 12,15 pontos, e Guilherme Fernandes, também de Maresias, na sub12, com 12,0 pontos. Entre as meninas, Sophia Medina, nova campeã paulista e irmã caçula de Gabriel Medina, confirmou o favoritismo, com 9,75 potos.

Na sub10, a maior pontuação foi de outro sebastianense, João Vitor, com 11.10, ao garantir vaga para a final. Também se classificaram para a bateria decisiva Eduardo Mulford, de Ubatuba, John Muller, de Guarujá, e Victor Pompiane, de Ilha Comprida.

Neste sábado, o dia terá as disputas da sub16 e sub18. A competição recomeça às 8 horas e tem transmissão ao vivo pela internet, no linkhttp://www.fpsurf.com.br/eventos/18/hla/hla04/aovivo3.php. Em paralelo às apresentações nas ondas, o evento oferece aos atletas várias atrações para se divertirem, como ping pong, ginganas e brincadeiras, além de mesa de frutas.

O Hang Loose Surf Attack 2018 tem os patrocínios de Overboard Action Sports Store, Surf Trip, Super Tubes, Hot Water, Kyw e Sthill, com copatrocínios de Rhyno Foam e CT Wax. Apoios da Prefeitura de São Sebastião, Associação de Surf de São Sebastião (ASSS), Associação de Surf de Maresias (ASM), Governo do Estado de São Paulo/Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude, com divulgação de Waves e FMA Notícias. Organização da Federação Paulista de Surf.

FOTOS DIVULGAÇÃO: MUNIR EL HAGE

Galeria de Imagens