Austrália e Brasil no pódio: Jamie Mitchell vence e Carlos Burle é vice no Nazaré Challenge

O australiano Jamie Mitchell fez história nesta terça-feira ao vencer o inédito Nazaré Challenge na Praia do Norte em ondas de 30 a 40 pés. O waterman foi destaque durante todo o dia, conquistando hoje sua primeira vitória no BWT.

Vendo o veterano pernambucano Carlos Burle abrindo os trabalhos na grande final, Mitchell veio à tona surfando uma enorme esquerda, onde dropou atrasado e segurou de grab rail para manter o controle, e depois foi engolido pela gigante espuma branca para pontuar 8.67 na sua somatória. Sua pontuação de backup veio logo depois, ao surfar uma grande onda, somando 6.60, aos já 8.67 (x2) registrados na sua primeira onda surfada.

Publicidade

“Eu imediatamente me apaixonei por este lugar e pelas pessoas desde a primeira vez que eu aqui vim.” disse um exultante Mitchell. “Hoje foi um próximo nível, foi sobrevivência, estava pesado. Quero dedicar este título à minha esposa e filha, e aos meus pais, eu acho que hoje é um tema familiar, agradeço também a toda a família do big surf em todo o mundo, foi simplesmente um dia incrível.” Finalizou Mitchell.

Temos que destacar a atuação do carioca Pedro Calado, de apenas 20 anos, que fez Final em todas as etapas até agora no BWT 2016, e Carlos Burle, campeão do BWT 2009, que vai completar 50 anos no próximo ano.

Foi Nic Lamb que levou, talvez, o pior que Nazaré tinha a oferecer: ele levou duas vacas terríveis na final. Abalado, mas não desanimado, ele freneticamente chamou um jet ski para levá-lo de volta para o outside. João de Macedo foi outro que sentiu a ira de Nazaré, quebrou sua prancha numa vaca.

Em contraste, Mitchell, que tinha sido a imagem de um tomador de risco ao longo do dia, realizou como vencedor a compostura atlética de um homem cuja resistência já lhe rendeu 10 títulos na travessia de paddleboard Molokai-a-Oahu.

Apenas um dia antes do solstício de inverno, Nazaré não tinha nenhuma semelhança com o último evento BWT, que decorreu em Pe’ahi de Maui, a não ser pelas ondas grandes.

Recente vencedor da etapa em Pe’ahi, o havaiano Billy Kemper sofreu uma eliminação precoce na rodada de abertura da competição, derrotado pelo wildcard local, Antonio Silva em uma batalha apertada pelo terceiro lugar ao lado de Kai Lenny (HAW) .

Nazaré Challenge Final:

1- Jamie Mitchell (AUS) 23.94

2- Carlos Burle (BRA-PE) 13.00

3- Joao De Macedo (PRT) 10.84

4- Pedro Calado (BRA-RJ) 9.34

5- Nic Lamb (EUA) 3.00

6- Antonio Silva (PRT) 0.20

Nazaré Challenge Semifinal:

SF 1: Pedro Calado (BRA) 21.27, Nic Lamb (USA) 17.34, Joao De Macedo (PRT) 14.83, Grant Baker (ZAF) 10.30, Aaron Gold (HAW) 9.67, Damien Hobgood (USA) 0.20

SF 2: Jamie Mitchell (AUS) 22.16, Carlos Burle (BRA) 15.33, Antonio Silva (PRT) 10.44, Trevor Carlson (HAW) 6.20, Christian Merello (CHL) 0.20, Hugo Vau (PRT) 0.20

Nazaré Challenge Round 1:

Heat 1: Joao De Macedo (PRT) 22.13, Damien Hobgood (USA) 19.00, Aaron Gold (HAW) 11.66, Greg Long (USA) 11.29, Kealii Mamala (HAW) 11.26, Gabriel Villaran (PER) 10.67

Heat 2: Nic Lamb (USA) 14.27, Grant Baker (ZAF) 13.67, Pedro Calado (BRA) 10.49, Alex Botelho (PRT) 9.00, Andrew Cotton (GBR) 6.40, Koa Rothman (HAW) 0.00

Heat 3: Cristian Merello (CHL) 20.83, Trevor Carlson (HAW) 14.36, Antonio Silva (PRT) 12.14, Kai Lenny (HAW) 11.67, Billy Kemper (HAW) 11.39, Nic Von Rupp (PRT) 8.37

Heat 4: Jamie Mitchell (AUS) 25.24, Hugo Vau (PRT) 24.93, Carlos Burle (BRA) 19.81, Will Skudin (USA) 11.73, Ramon Navarro (CHL), 11.66, Tom Butler (GBR) 3.54

WSL BWT Rankings Top Five (pós Nazare Challenge):

1 – Grant Baker (AFS) – 25,018 points

2 – Pedro Calado (BRA) – 21,943 points

3 – Greg Long (EUA) – 21,921 points

4 – Carlos Burle (BRA) – 18,175 points

5 – Jamie Mitchell (AUS) – 15,690 points

Essa foi a terceira etapa das seis previstas no calendário do Mundial de Ondas Gigantes. Ainda há disputas previstas em Pico Alto, no Peru; Punta de Lobos, no Chile; e Todos Santos, no México.

Por WSL