3º Festival Prancha Oca de Longboard rolou em Santos

3º Festival Prancha Oca de Longboard contou com mais de 200 surfistas (Foto: Divulgação / Prefeitura de Santos)

Mais de 200 surfistas participaram do “Prancha Oca”, disputado no último fim de semana, na Praia do Bairro Pompéia

Publicidade

3º Festival Prancha Oca de Longboard foi disputado no último fim de semana, em Santos.

Mais de 200 surfistas – entre eles idosos e pessoas com deficiência -, participaram das diversas baterias disputadas na praia da Pompéia, na direção do Posto 2. O evento teve início no sábado e foi concluído no domingo, com a cerimônia de premiação e homenagens.

Muitos surfistas vieram de longe, foi o caso de Monique Garcia, 33 anos, servidora pública.

– Vim de Florianópolis-SC com uma amiga, já tinha participado no passado. Aqui podemos encontrar gente que só temos contato pelos grupos das redes sociais, isso é muito bom. E claro que poder surfar é maravilhoso, é o lugar ideal para o longboard. No fim do ano, no evento para as mulheres, volto com mais sete amigas – comemorou Garcia.

Homenagens
Neste ano, foram homenageadas cinco pessoas. Edson Tadeu Marques (Edinho), Adelino Gonçalves e Augustinho Mijares, da Orca Surf Boards, a loja para os surfistas nos anos 60 e 70. Murilo Barleta pelo apoio à modalidade nos últimos anos e a homenagem póstuma à José Luis Santana, representado por familiares.

– Mais um ano mostrando evolução, esse evento veio para agregar, só cresce. Os objetivos do Prancha Oca estão sendo alcançados. É muito bom poder fazer as homenagens às pessoas que contribuiram para o nosso esporte, todos receberam o troféu Osmar Gonçalves, o oscar do surf brasileiro – disse Cisco Araña, coordenador da Escola Radical, da Secretaria de Esportes de Santos.

O Prancha Oca Santos Longboard Festival foi uma realização do Clube de Pioneiros do Surfe e da Prefeitura, através da Secretaria de Esportes (Semes). A supervisão foi do professor Cisco Araña.

Por globoesporte.globo.com