Novo Surf tem início nas ondas da Praia do Futuro

Novo Surf, 1ª Etapa. Foto Raimundo Cavalcante

Circuito Novo Surf tem início nas ondas da Praia do Futuro Ce

Com maior somatório do dia, pernambucano Tiago Silva é destaque no primeiro dia do Circuito Brasileiro de Surf Profissional da CBSurf 2019

Em uma manhã nublada e com pancadas de chuva passageira teve início, na Praia do Futuro-Ce, o tão esperado Circuito Brasileiro de Surf Profissional 2019. Batizado de Novo Surf, o certame que oferece R$ 100 mil distribuídos igualmente entre homens e mulheres em cada uma de suas cinco etapas, promete alavancar o surf nacional de alto rendimento com uma nova proposta de foco no atleta e retorno à verdadeira essência do surf, onde o cuidado ambiental também será uma preocupação contínua.

Publicidade

Às 9h da manhã os primeiros atletas caíram na água para dar início a Fase 1 da competição, composta por 16 baterias. E foi apenas na 15ª bateria que o pernambucano Tiago Silva cravou o maior somatório na competição para sair da água como o principal destaque do primeiro dia. Mas ele não foi o único destaque. O paraibano Elivelton Santos, também conhecido como Índio Voador, justificou seu codinome perfazendo 15,33 pontos para também marcar uma das principais atuações do primeiro dia, encerrado na terceira bateria da Fase 2.

O grande número de atletas inscritos, mais de 80 competidores de 13 diferentes estados, comprova a grande adesão ao Circuito Novo Surf, que chega para redefinir as bases do surf nacional, como comentou Bino Lopes, atual Vice-Campeão do CBSurf Tour:

“Vencer o Circuito Novo Surf é um de meus objetivos para 2019. Claro que conquistar uma vaga no WCT é o maior sonho de qualquer surfista. Contudo, com o alto nível do surf brasileiro, a conquista do título nacional serve para dar uma turbinada no currículo e adicionar uma motivação a mais para a conquista do grande sonho. Ano passado bati na trave, mas espero que nesse ano a história seja diferente”, declarou Bino, que estreia neste sábado (25), na chave dos pré-classificados.

Estrutura Frugal

Um dos diferenciais desse circuito é o cuidado com o meio ambiente. Para isso a estrutura da competição é quase toda composta de bambu, o que minimiza o impacto ambiental. Atletas e banhistas também são sistematicamente convidados a recolher o lixo da praia, uma forma de colaboração na consolidação deste hábito tão importante na atual conjuntura do planeta.

Ações Sociais

O primeiro dia também foi reservado às ações do Ipom-Instituto Povo do Mar, que promoveu atividades lúdicas com as crianças assistidas pelo projeto no entorno da área de competição. Jogos, brincadeiras, ações ambientais e muitas outras ativações fizeram parte das atividades paralelas ao evento, desenvolvidas pelos participantes do projeto.

Transmissão Ao Vivo

Você pode conferir tudo que rola Ao Vivo através do link:

www.fpsurf.com.br/aovivo

Cronograma do Sábado (25)

As baterias de sábado estão previstas para começar as 8h da manhã, com a quinta bateria da Fase 2, seguida pela Fase 3, dos pré-classificados. O sábado também marcará a estreia das mulheres com as fases 1 e 2 caindo na água, quando a cearense Larissa dos Santos entrará na água para fazer a sua primeira defesa do título, já que ela é a atual Campeã Brasileira da CBSurf.

O evento tem previsão de encerramento para o domingo (26) com cronograma a ser confirmado.

IPOM – Instituto Povo do Mar

No sábado também está prevista uma clínica de bodysurf (surf de peito) ministrada por Carlos Bezerra, um dos gestores do Instituto Povo do Mar, parceiro do evento.

A aula começará por volta das 9h e a participação é gratuita.

“Será uma aula completa, que começará na areia com informações sobre a história e a essência do bodysurf e dos outros esportes de prancha e terminará no mar, em uma vivência prática da modalidade”, explica Carlos.

O Instituto Povo do Mar foi fundado em 2010 por quatro surfistas como uma organização sem fins lucrativos projetada para prover oportunidades de educação para jovens do Serviluz e da praia do Futuro.

As comunidades vivem um cenário de violência e exclusão social, assim como inúmeras outras comunidades de periferia das grandes metrópoles urbanas do país.

O instituto tem por finalidade o acesso à cidadania, à educação, ao esporte para o pleno desenvolvimento, aos estudos em língua estrangeira, às artes, à cultura, ao voluntariado e ao desenvolvimento social no combate à pobreza e a preservação do meio ambiente.

Seu principal objetivo é desenvolver um conjunto de ações socioeducativas, oferecendo uma educação transformadora que visa estimular mudanças sociais a partir de valores como humanidade, amor, respeito e altruísmo.

Descubra o Ceará

O litoral de Fortaleza tem 34 quilômetros de extensão e cerca de 15 praias, algumas delas reunindo excelentes condições para a prática do surfe.

Além da praia do Futuro, destaque para o point do Leste-Oeste e para o Titanzinho, celeiro do surf brasileiro e casa de atletas renomados como Fábio Silva, Tita Tavares, Pablo Paulino e Silvana Lima.

Com água quente e boas ondulações o ano inteiro, principalmente no verão, quando potentes swells do quadrante norte atingem a região, a cidade está entre as principais “surf citys” do Brasil.

A Secretaria de Turismo do Governo do Estado do Ceará apresenta o Novo Surf Ceará. Idealização e produção: Almasurf. Realização: Confederação Brasileira de Surf. Apoio: Instituto Povo do Mar (IPOM) e Federação de Surf do Estado do Ceará.

Por George Noronha

Galeria de Imagens