Marco Fernandez domina o Tablas Surf Pro

Rei no Barravento

O domingo foi de grandes emoções no Subway apresenta Tablas Surf Pro, etapa do Circuito Baiano 2016 disputada na praia do Barravento, Salvador (BA).

Publicidade

Em ondas de meio metro e séries pouco maiores, com formação irregular, o sol brilhou e o público compareceu para prestigiar as finais da segunda etapa da temporada.

Um duelo de alto nível marcou a grande final da categoria Profissional. As ondas melhoraram sua formação com a enchente da maré na hora da decisão e os atletas protagonizaram um verdadeiro show de aéreos e manobras radicais.

Marco Fernandez começou tímido na bateria, mas depois de dez minutos corridos, o atleta de Arembepe e representante baiano no Circuito Mundial mostrou muita força nas manobras e arrancou notas 8,25 e 7,50 pontos nas duas melhores ondas e dominou a final.

“Acabei de chegar de viagem, vim da Califórnia e estava bem cansado. Venho treinando forte a parte física e acho que contei com a sorte, pois em todas as baterias as ondas vieram pra mim. No fim da bateria tive que dar um gás e colar ali em Léo, mas agora relaxei e vamos comemorar”, comentou o campeão Marquinho.

O ilheense Bruno Galini ficou em segundo com notas 7,50 e 6,45 pontos. Com a terceira colocação ficou Igor Farias, surfista de Itacaré que fez uma grande campanha na prova e foi uma das revelações do campeonato.

Apesar de ter ficado com a quarta colocação, o ilheense Léo Andrade era o atleta que mais ameçava a liderança de Marquinho. Léo acertou um aéreo rodando muito alto e foi pontuado com a nota 8,25, mas faltou uma segunda onda para virar o resultado.

No Longboard, quem reinou foi o local Eduardo Ballalai, que travou uma briga com Italo Rosa na final e venceu, deixando o adversário com a segunda colocação.

O duelo final da categoria Feminino foi marcado pelo equilíbrio entre as mulheres. Surfando em casa, Ana Paula foi a melhor e venceu, com Danielle Albuquerque em segundo.

A SUP Wave foi vencida por Gustavo Costa, o “Kombi”, seguido por Gustavo Foerster.

Na Sub-12, o ilheense Hawaii Chan mostrou que está em excelente fase e venceu a categoria.

Outro atleta de Ilhéus que saiu vitorioso foi Davi Mendes, na Sub 14. Davizinho imprimiu velocidade e força nas manobras para anotar 13.15 pontos e vencer com folga seus adversários.

Na Sub-16, Taiwan Chan mostrou a soberania dos surfistas de Ilhéus nas categorias de base, subindo no lugar mais alto do pódio.

Porém, na Sub-18, deu Itacaré no topo. Depois de um duelo acirrado, Daniel Matos levou a melhor contra Taiwan Chan por uma pequena diferença. O itacareense acabou levando o título para casa e comemorou bastante a vitória.

No duelo entre os locais do Barravento, a vitória ficou com Léo Xerife, com Abel Baião em segundo, Patrick Coelho em terceiro e Mauricinho Primata em quarto.

Na categoria Master, a vitória ficou com Wilson Santos, que foi recebido pelos salva vidas, seus companheiros de trabalho, e se emocionou depois de alguns anos sem competir.

Resultados

Profissional

1 Marco Fernandez
2 Bruno Galini
3 Igor Farias
4 Léo Andrade

Sub 12

1 Hawaii Chan
2 Pedro Silvestre
3 Brian Ramos
4 Kaio Silva

Sub 14

1 Davi Mendes
2 Bruno Marroche
3 Erick Guerreiro
4 Diogo Santos

Sub 16

1 Taiwan Chan
2 Thiago Santos
3 Diogo Santos
4 Daniel Matos

Sub 18

1 Daniel Matos
2 Taiwan Chan
3 Arthur Cerqueira
4 Namor Cayres

Master

1 Wilson Santos
2 Esdras Santos
3 Léo Xerife
4 Alvaro Rosa

Local

1 Léo Xerife
2 Abel Baião
3 Patrick Coelho
4 Mauricinho Primata

Longboard

1 Eduardo Ballalai
2 Italo Rosa
3 Ewandro Ballalai
4 Igor Captol

Feminino

1 Ana Paula
2 Daniele Albuquerque
3 Lohana Melo
4 Isadora Caldas

Sup Wave

1 Gustavo Costa
2 Gustavo Foerster
3 Thiago Dias
4 Roberto Vieira

Fotos Anderson Santos
Fonte surfbahia.com.br

Galeria de Imagens