Edvan Silva vence e volta a sonhar com penta

MARESIA Pro Taíba 2019

Edvan Silva vence e volta a sonhar com pentacampeonato

Entre os dias 30 de agosto e 01 de setembro a Praia da Taíba, município de São Gonçalo do Amarante-CE, recebeu os melhores surfistas do Ceará e do Nordeste no MARESIA Pro Taíba, III Etapa do Circuito Cearense de Surf 2019. Foram três dias em que os 212 atletas inscritos disputaram a boa premiação e os cobiçados títulos das 13 categorias em disputa no certame cearense, mais a categoria Local e a Surfe Adaptado.

O grande campeão da principal categoria do evento, a Profissional, foi o local da Praia da Leste-Oeste, Edvan Silva. Apesar de não vencer um evento há alguns anos, o Tetracampeão Cearense Profissional (2011) mostrou que ainda está em grande forma desde os primeiros minutos da Final. Apesar das ondas pequenas, Edvan conseguiu arrancar um 8,5 para pular do terceiro lugar para a liderança, consolidando a vitória com mais uma nota 7,0, logo na onda seguinte. E com o somatório de 15,50 Edvan Silva voltou a comemorar uma vitória entrando de vez na disputa pelo Título do Circuito Cearense 2019, que, caso logre êxito, será o quinto de sua longa carreira como profissional. Na segunda colocação ficou o pernambucano Thiago Silva, que apesar de ser um especialista em aéreos, não conseguiu aproveitar as difíceis condições do mar e superar Edvan. Em terceiro ficou o não menos talentoso, Deyvison Santos, do Rio Grande do Norte, com o cearense local da Praia do Titanzinho, Rafael Venuto, completando o pódio na quarta colocação.

Publicidade

“Estou muito feliz em voltar a vencer. Já fazia muito tempo que eu não sentia o gosto da vitória, mas sabia que ainda tinha chances de ganhar um evento. Apesar da Nova Geração ter chegado com força total, essa conquista mostra que ainda tenho muita lenha pra queimar e ainda posso sonhar com a conquista do Pentacampeonato Cearense Profissional. Obrigado meu Deus, minha família e a todos que me ajudaram nessa conquista”, declarou Edvan.

Na Open, a principal categoria entre os amadores, a disputa foi ainda mais emocionante, com os finalistas revezando a liderança durante toda a bateria. No final, tudo indicava que Maurinho Filho levaria o troféu de campeão, contudo, Phelipe Maia e Jhone Fran pegaram suas últimas ondas na contagem regressiva para o término da bateria, criando uma grande expectativa em todos na praia, até ser confirmada a virada do local de Paracuru, Jhone Fran, que comemorou muito. Phelipe Maia terminou em terceiro e Lucas Bezerra em quarto.

Entre as mulheres o grande destaque da competição foi mais uma vez a talentosa Ariane Gomes, que faturou as duas categorias dedicadas exclusivamente às mulheres, a Open e a Junior. Na Open completaram o pódio Vitória Carneiro, Jéssica Silva e Mayra Oliveira e na Junior, Vitória Carneiro, Yasmim Silva e Alice Gomes compuseram o pódio, respectivamente em segundo, terceiro e quarto lugares.

Na categoria Master o destaque ficou por conta da vitória do local de Saquarema-RJ, Raoni Monteiro, que travou um belo duelo com o surfista local da Praia da Leste-Oeste, Gleison Sardinha, vencendo a disputa com a pequena diferença de 0,20 pontos. Na terceira colocação ficou Zé Roque e em quarto Alexandre Gonçalves.

Na Senior o título da etapa foi para o Piauí nas mãos de Patrick Alves, com Luca Alex em segundo, Juvemar Silva em terceiro e Phelipe Maia na quarta colocação.

Entre os Kahunas, categorias para atletas a partir de 45 anos, o grande destaque foi o eterno ídolo do surfe cearense, Fábio Silva, que não tomou conhecimento de seus adversários dominando a bateria do início ao fim, deixando Carlos Santana em segundo, Carlos Silva em terceiro e Fernando Santos-PE em quarto.

Na Longboard, categoria mais clássica dentre todas em disputa no evento, o grande campeão foi o local de Jericoacoara Vitinho, que mais uma vez mostrou ser “o cara” a ser batido na atual fase do longboard cearense. Em segundo ficou Jonny Quest, com Geraldo Lemos e Morgan Mohamed (também de Jeri) em terceiro e quarto colocados, respectivamente.

Na Sub 18 quem subiu no lugar mais alto do pódio foi o potiguar Jurger Marinho com Kauã Hanson, da Paraíba, na segunda colocação. Os cearenses Luiz Felipe e Russinho completaram o pódio na terceira e quarta colocações, respectivamente.

Na Sub 16 o grande campeão foi o local da Barra do Ceará, Ytalo Oliveira. Detentor de um surfe progressivo e contundente, Ytalo sagrou-se campeão em uma categoria acima da sua original, consolidando cada vez mais seu nome entre os destaques da Nova Geração do surfe cearense. Pedro Rian, Raoni Rocha e Adriano de Sousa completaram o pódio em segundo, terceiro e quarto colocados, respectivamente.

Na Sub 14 o destaque foi o atleta Adriano de Sousa. Homônimo do Campeão Mundial de 2015 da WSL, Adrianinho mostrou que não tem somente nome de campeão e surfou muito para superar seu maior rival, Ytalo Oliveira. Ambos chegaram à Final vencendo todas as baterias que disputaram, mas o título acabou indo para Paracuru, nas mãos de Adriano de Sousa, com Ytalo na segunda colocação. Pedro Rian terminou em terceiro e Jurgen Marinho finalizou em quarto.

Na Sub 12 o grande campeão foi Guilherme Lemos. Apesar da pouca idade, Guilherme já tem uma rotina de atleta, com treinos diários combinando academia e surfe, o que justifica sua excelente performance em que superou o segundo colocado, Alex Gonçalves, com quase o dobro do somatório: 14,20 x 7,55. Na terceira colocação ficou Victor Eduardo e em quarto, Pablo Paiva.

Finalizando as categorias oficiais do Circuito Cearense de Surf 2019, na Sub 8, categoria que estreou nesse ano no Circuito, o pequeno grande Arthur Villar, da Paraíba, foi o vencedor, com Iago Bellotti em segundo, Nicola Silva em terceiro e Phelipe Silva na quarta colocação. A boa adesão e a vitória de um atleta vindo de outro estado comprova o sucesso dessa categoria que chega para contribuir no fomento e no surgimento de novos talentos no surfe nordestino.

Para Amélio Júnior, Presidente da Federação de Surfe do Estado do Ceará, a III Etapa do Circuito Cearense de Surf 2019 foi um sucesso que se justifica na credibilidade e organização que o circuito vem consolidando ao longo de 3 décadas:

“Estamos muito felizes com a presença maciça de atletas vindos de todo litoral cearenses e de vários estados do Nordeste, assim como outras regiões, como a presença do Top WCT por nada menos que 8 temporadas, Raoni Monteiro (Saquarema-RJ), o que mostra a credibilidade que o Circuito Cearense vem construindo ao longo de 30 anos. O Calendário do Circuito tem sido cumprido à risca, o que é muito importante para o planejamento dos atletas. Essa organização também ajuda a explicar o expressivo número de participantes, 212 ao todo. Outra implementação que se mostrou muito feliz foi a inclusão da categoria Sub 8 no circuito. Com isso acreditamos que a Federação contribui cada vez mais para o surgimento de novos atletas”, declarou o dirigente.

PREMIAÇÃO

Na categoria Profissional a premiação foi de R$ 10.000,00. Já entre os amadores, a premiação foi composta de 13 Blocos Teccel, 60 Kits MARESIA + 60 Troféus.

FESTIVAL DO ESCARGOT E FRUTOS DO MAS 2019

Mais uma vez o Circuito Cearense de Surfe aconteceu concomitantemente ao principal evento do município de São Gonçalo do Amarante e de todo Litoral Cearense, o Festival do Escargot e Frutos do Mar, que esse ano chegou à sua edição de número 19 e reuniu gastronomia, esporte, música, artesanato e cultura em geral.

Sobre o Circuito Cearense de Surfe

Há 30 anos, mais precisamente em 1989, nascia o Circuito Cearense de Surfe, certame que ao longo de três décadas revelou talentos e serviu de base para grandes eventos que trouxeram para o Ceará alguns dos maiores astros do surf brasileiro e mundial.

Muitos atletas, hoje Top WCT, tiveram importante passagem pelo circuito cearense como Michael Rodrigues (local da Praia do Futuro) e Silvana Lima (local da Praia do Ronco do Mar, em Paracuru), competidores vorazes, forjados na base do Circuito Cearense, que conquistaram praticamente todos os títulos das categorias amadoras e na Profissional e hoje são astros do Circuito Mundial de Surf da World Surf League.

Outros, como os potiguares Jadson André e Italo Ferreira, também tiveram no Circuito Cearense um importante degrau na conquista do sucesso profissional. Gabriel Medina, Filipe Toledo e Adriano de Souza Mineirinho também já visitaram o Ceará em eventos nacionais criados a partir da credibilidade construída ao longo dos anos pelo Cearense de Surf, tido como um dos mais competitivos do Brasil.

E foi essa reconhecida competitividade que possibilitou o surgimento de grandes nomes do surf como Fábio Silva (Campeão Mundial ISA), Tita Tavares (Campeã Mundial WQS), Pablo Paulino (Bicampeão Mundial Pro Junior), dentre muitos outros grandes nomes que contribuíram para colocar o Ceará em um dos lugares de maior destaque no cenário esportivo nacional.

Segundo o Presidente da Federação de Surf do Estado do Ceará, Amélio Júnior, o Circuito Cearense de Surf é o mais antigo certame estadual da modalidade, em todo o território nacional, e que nunca foi interrompido, sendo esta a 31ª edição da competição.

Maiores Informações

Top 16 Promoções (85 999868538)

Fed. de Surf do Estado do Ceará (85 988538538)

amelio.junior@uol.com.br

www.maresia.com.br

O MARESIA PRO TAÍBA, III Etapa do Circuito Cearense de Surfe 2019, contou com o patrocínio de MARESIA e Prefeitura de São Gonçalo do Amarante através da SECULTUR.  Apoio: D’Cofibras e ABRASP. Realização: Top 16 e Federação de Surf do Estado do Ceará.

Por George Noronha

RESULTADOS

PROFISSIONAL

1º Edvan Silva-CE

2º Thiago Silva-PE

3º Deyvison Santos-RN

4º Rafael Venuto-CE

OPEN MASCULINO

1º Jhone Fran

2º Maurinho Filho

3º Phelipe Maia

4º Lucas Bezerra

OPEN FEMININO

1ª Ariane Gomes

2ª Vitória Carneiro

3ª Jéssica Silva

4ª Mayra Oliveira

FEMININO JUNIOR

1ª Ariane Gomes

2ª Vitória Carneiro

3ª Yasmim Silva

4ª Alice Gomes

MASTER

1º Raoni Monteiro

2º Gleison Sardinha

3º Zé Roque

4º Alexandre Gonçalves

SENIOR

1º Patrick Alves-PI

2º Luca Alex

3º Juvemar Silva

4º Phelipe Maia

KAHUNA

1º Fábio Silva

2º Carlos Santana

3º Carlos Silva

4º Fernando Santos-PE

LONGBOARD

1º Vitinho Jeri

2º Jonny Quest

3º Geraldo Lemos

4º Morgan Mohamed

 SUB 18

1º Jurger Marinho-RN

2º Kauã Hanson-PB

3º Luiz Felipe

4º Russinho

SUB 16

1º ytalo Oliveira

2º Pedro Rian

3º Raoni Rocha

4º Adriano de Sousa

SUB 14

1º Adriano de Sousa

2º Ytalo Oliveira

3º Pedro Rian

4º Jurgen Marinho-RN

SUB 12

1º Guilherme Lemos

2º Alex Gonçalves

3º Victor Eduardo

4º Pablo Paiva

SUB 8

1º Arthur Villar-PB

2º Iago Bellotti

3º Nicola Silva

4º Phelipe Silva

Galeria de Imagens