Danilo Costa, Pedro Lima, Fábio Gouveia e Jojó de Olivença vencem no Cupe PE

Pódio Gran kahuna. Foto Damangar

A terceira edição do Rota do Mar Surf and Music foi encerrada neste domingo (22) com muita emoção e total domínio dos surfistas nordestinos. Quem compareceu às areias da Praia do Cupe-Borete, em Ipojuca, pode conferir de perto as vitórias de Danilo Costa (RN), Pedro Lima (PE), Fábio Gouveia (PB) e Jojó de Olivença (BA) nas categorias Master, Grand Master, Kahuna e Grand Kahuna, respectivamente, na abertura do CBSurf Master Tour 2018. Todas as disputas tiveram pernambucanos nas finais (menos a categoria Master). Cláudio Marroquim (Grand Kahuna) e Maurício Bandeira (Kahuna) ficaram em quarto lugar. A competição reuniu 104 surfistas de todo o país para disputar R$ 10 mil em premiações, pranchas e kits Rota do Mar. 

Danilo Costa.
Publicidade

Na disputa da principal categoria, (Master, +35), o paulista radicado no Rio Grande do Norte dono do título Master em 2015 e ex-WCT em 2003, Danilo Costa, venceu depois de ficar na frente em todas as baterias e de passar por um momento de superação antes da competição. “Essa vitória foi muito difícil, mesmo tendo muita afinidade com as ondas de Pernambuco. Há duas noites estava com muita febre, fui para o hospital e graças a Deus conseguir ter forças para batalhar e conseguir a vitória”, declarou emocionado. Em segundo, ficou o cearense Rogério Dantas, seguido do potiguar Júnior Rocha e do catarinense Álvaro Bacana.

Pedro Lima.

Pedro “o Invencível” Lima venceu Saulo Carvalho (PB) no critério de desempate pela maior nota recebida na Grand Master (+45). “Hoje o dia foi puxado. Depois de disputar seis baterias, estou acabado, mas feliz da vida porque o esforço foi válido”, declarou. Em terceiro ficou o potiguar Júnior Rocha e, em quarto, o alagoano Klinger Peixoto.

Fábio Gouveia.

Na Kahuna (+40), o grande vencedor com 18,00 foi Fábio Gouveia (PB), que comentou do alto nível das baterias que disputou. “Minha primeira bateria do dia já foi bateria de final. Os competidores eram muito bons. A semifinal também, eu, Jojó (de Olivença) e Otávio Lima, três ex-competidores de circuito mundial”, declarou. Ele também quis presentear o estado, que concedeu a ele, em junho o título de Cidadão Pernambucano, recebido em junho. “Precisava honrar esse título. Estava doido para vir para o evento. Consegui um bom resultado e espero apagar a má performance que tive o ano passado” comentou, referindo-se à etapa do CBSurf Master Tour disputou em 2017, em Maracaípe, também dentro do Rota do Mar Surf and Music e na qual foi desclassificado ainda na fase classificatória. Dessa vez, além de alcançar o lugar mais alto do pódio, ele obteve a melhor média individual e a melhor onda da etapa (9,33), ambas na final. A etapa do CBSurf Master também serviu para Gouveia começar a treinar para o Mundial Master nos Açores, que disputará em setembro.

Em segundo lugar na Kahuna ficou o baiano Jojó de Olivença, em terceiro Rogério Dantas (CE) e em quarto Maurício Bandeira (PE).

Jojó de Olivença.

A Grand Kahuna (+50) foi vencida pelo baiano Jojó de Olivença. Estreando na categoria, está disposto a buscar mais um título brasileiro este ano. “Começar a competição e estrear vencendo foi muito legal”, comentou, pouco antes de cair na água novamente para disputar a final na categoria Kahuna. Em segundo lugar ficou Carlos Miranda (AL), seguido por Cardoso Júnior (CE), vice-campeão brasileiro da categoria em 2017, e por Cláudio Marroquim (PE), bicampeão brasileiro na Grand Kahuna em 2017 e 2015.

O resultado completo da etapa pode ser conferido no https://bit.ly/2uUIL8M.

HOMENAGEM – Neste domingo, os dois shapers mais antigos do estado foram homenageados durante o Rota do Mar Surf and Music. O holandês Pits Smel e o pernambucano Dentinho (Luis Morais) receberam a honraria por ajudar a construir a história do surfe pernambucano e por também serem e desbravadores de diversos picos de surfe locais.  A homenagem foi prestigiada pelos amigos do Real Acaiaca Surf Club. Grupo formado apenas por pioneiros do surf pernambucano.

A terceira edição o Rota do Mar Surf and Music contou com a realização da Confederação Brasileira de Surf (CBSurf), da Federação Pernambucana de Surf e da Prefeitura de Ipojuca, por meio da Secretaria de Turismo e da Secretaria de Esportes, além do patrocínio da grife pernambucana Rota do Mar, e do apoio das Pranchas Real Magia e Blocos TECCEL.

Pódio kahuna. Foto Damangar

Resultado 1ª etapa – CBSurf Master Tour 2018 – Praia do Cupe-Borete – Rota do Mar Surf and Music

Master

1° lugar – Danilo Costa (RN) – 16,50

2° lugar – Rogério Dantas (CE) – 12,67

3° lugar – Júnior Rocha (RN) – 11,77

4° lugar – Álvaro Bacana (SC) – 11,00

Grand Master

1° lugar – Pedro Lima (PE) – 13,00

2° lugar – Saulo Carvalho (PB) – 13,00

3° lugar – Júnior Rocha (RN) – 11.46

4° lugar – Klinger Peixoto (AL) – 9,20

Kahuna

1° lugar – Fábio Gouveia (PB) – 18,00

2° lugar – Jojó de Olivença (BA) – 12,10

3° lugar – Rogério Dantas (CE) – 11,93

4° lugar – Maurício Bandeira (PE) – 9,76

Gran kahuna

1° lugar – Jojó de Olivença (BA) – 15,83

2° lugar – Carlos Miranda (AL) – 10,37

3° lugar – Cardoso Júnior (CE) – 8,94

4° lugar – Cláudio Marroquim (PE) – 7,17

Por Damangar

Fotos Damangar

Mais em:

CBSurf Oficial: @cbsurf_oficial

Rota do Mar: @rotadomar96