De volta para a formosa onda do rio Mearim

Alexandra ‘xandinha’ Ereiro na pororoca do rio Mearim. Foto Jeremy Dias

Expedição Pororoca 2018

Publicidade

Na madrugada de sábado (30.03), viajei  com um time de surfistas de Portugal, apaixonados por aventura. o objetivo era que os portugueses fossem conhecer, e desfrutar de perto umas das maiores forças da natureza – a pororoca do rio Mearim, no Maranhão, que fica localizado no município do Arari, a 160 km de São Luís, capital maranhense.

No dia seguinte pela manhã bem cedo, na cidade do Arari, a ansiedade e a adrenalina da galera afloravam em seus semblantes, ir ao encontro desse verdadeiro espetáculo da natureza é uma aventura fantástica e única no mundo do surf.

A satisfação tomou conta de todos ao presenciarmos o fenômeno, o barulho estrondoso, anunciava a chegada da onda, mostrando toda a sua força e beleza.

Emma Johannense.
Emma Johannense.

Entre os Portugueses, a ‘freesurf’ Emma Johannense, 15, conta um pouco da sua experiência:

“Foi espetacular não só surfar está onda, foi todo um processo de ir de ‘jet ski’, olhar a natureza ao redor, rir com toda a equipe. Estar tanto tempo surfando uma onda foi incrível”.

O fenômeno por si já é um acontecimento natural e fantástico. Assistimos de perto a beleza e o perigo que ela pode causar. No segundo dia, eu e mais cinco surfistas, fomos arrastados por cima de uma rasa bancada localizada entre as margens, com vários troncos e galhos pelo caminho, e acabei me machucando. Os outros conseguiram correr para frente da onda, até ela se formar novamente e seguir seu fluxo.

‘Xandinha’ Ereiro
Pororoca do Arari MA

A expedição passou a ser mais que uma aventura, viajar para surfar não deve se limitar apenas em pegar onda, e sim compreender o que estar ao redor. Interagir com os locais, com a natureza, conhecer a cidade e seus pontos históricos.

Agradeço a todos que participaram desta expedição.

Por Alexandra ‘xandinha’ Ereiro/ Coluna da Xandinha

Fotos Jeremy Dias

A atleta Alexandra Ereiro conta com o patrocinio e o apoio:

SEEL PA
Kpaloa
Amazon Power Drink
Industry Brasil
Biquinis Grace Lopes
Sou Cross Fit Oficial
Uga Tattoo
Craud.net

Saiba mais sobre ‘A Pororoca’

Em sua origem tupi, essa palavra quer dizer algo como “causar um grande estrondo”

Ela foi adotada para se referir a um dos mais impressionantes fenômeno da natureza. Que ocorre quando o mar invade os rios na forma de uma grande onda que se choca contra a corrente fluvial.

Essa onda pode atingir até 4 metros de altura e dura uma hora e meia, e avança 60 km rio adentro. O mar vence a disputa a pororoca segue o continente.

 

Galeria de Imagens