Jogos Mundiais de Surf da ISA no calendário da WSL

A Federação Internacional de Surf e Stand Up Paddle (SUP) anunciou hoje uma nova era de cooperação com a Liga Mundial de Surf (WSL), após esta ter endossado a participação de seus atletas profissionais nos Jogos Mundiais de Surf da ISA.

O ISA e a WSL trabalharam em conjunto para encontrar uma data para que os Jogos Mundiais de Surf da ISA se encaixem no calendário da WSL e permitir que os surfistas do CT da WSL possam participar de Biarritz. O ISA e a WSL têm desfrutado de uma relação de trabalho positiva por muitos anos e o anúncio de hoje reforça ainda mais essa relação e reafirma a participação dos melhores surfistas do mundo quando o esporte faz a sua estreia nos Jogos Olímpicos de Tóquio de 2020.

Publicidade

Os Jogos Mundiais de Surf da ISA apresentam os melhores surfistas do mundo participando em suas equipes nacionais, criando um ambiente único de orgulho e camaradagem nacional no espírito do Movimento Olímpico. O surf foi confirmado como um esporte olímpico em Tóquio 2020 no mês de agosto, depois de décadas de campanha apoiada pela ISA pela unidade do órgão para o desenvolvimento global do esporte. O surfe também será incluído nos Jogos Pan-Americanos de 2019 em Lima.

O Presidente da ISA, Fernando Aguerre, disse: “Este é um momento significativo, em um ano significativo para o desenvolvimento do surf globalmente. Estamos muito satisfeitos por reforçar nosso relacionamento com o WSL para o benefício do esporte. Será maravilhoso ver os melhores surfistas juntos nos Jogos Mundiais de Surf de 2017 da ISA em Biarritz, onde os fãs de todo o mundo terão a oportunidade de testemunhar e inspirar com as suas habilidades fantásticas.

“A notícia de hoje reforça o nosso compromisso de longo prazo para garantir que os melhores surfistas possam competir quando o surfe faz a sua estréia olímpica em Tóquio 2020. Estes são tempos extremamente emocionantes e estamos totalmente comprometidos a trabalhar em conjunto com toda a família do surfe para garantir que continuamos em nosso caminho do desenvolvimento global e de inclusão. O nosso objetivo é solidificar a inclusão do surf no Programa Olímpico para depois de 2020.”

O CEO da WSL, Paul Speaker, disse: “Os Jogos Mundiais de Surf da ISA são eventos únicos, onde as equipes de surf nacionais de todo o mundo têm a oportunidade de competir. O WSL continua empenhado em permitir que os nossos melhores surfistas profissionais no WSL Championship Tour possam representar os seus paises nos Jogos Mundiais de Surf da ISA. O WSL também continua a trabalhar ao lado do ISA com o objetivo de fornecer aos Jogos Olímpicos de 2020 a melhor experiência de surf possível”.

Fonte: ISA