Gabriel Medina quer pódio na França para melhorar posição no ranking

Gabriel Medina quer se aproximar dos líderes do ranking e aposta em retrospecto na França (Foto: WSL/Cestari)

Medina aposta em bom retrospecto na França para melhorar posição no Mundial

A três etapas do fim do CT e na oitava colocação, surfista mantém a esperança de conquistar o segundo mundial. Medina foi finalista nas últimas duas etapas francesas, sendo campeão em uma

A proximidade para o início da etapa de Landes, na França, anima Gabriel Medina. Oitavo colocado no ranking do Circuito Mundial, com 30,750 pontos, o surfista quer manter o bom retrospecto nesse evento para melhorar as chances de conquistar o segundo título mundial. Nos últimos dois anos, Medina foi finalista na etapa. Em 2015, ficou com o caneco. Em 2016, foi o segundo colocado.

 Neste ano, a etapa de Landes começa a ser disputada em 7 de outubro. O vencedor ganha 10.000 pontos no ranking. O líder do Tour, Jordy Smith, tem 45,850. São 15,100 pontos a mais que Gabriel Medina. Contando com o evento na França, restam três etapas para o fim do Circuito.

– Agora estou indo para França. Como você falou, é uma das minhas etapas favoritas. Já ganhei duas etapas (2015 e 2011), já tive alguns bons resultados lá nos últimos anos. Espero ir bem. Ainda acredito no título mundial. Claro que eles deram uma avançada no último evento, mas vou acreditar até o final. Continuo treinando, me esforçando e espero estar no Havaí disputando o título mundial – comentou o atleta em entrevista à TV Vanguarda, afiliada da Rede Globo, durante um evento de patrocinadores em São Sebastião, sua terra natal no litoral norte paulista.

Publicidade

Gabriel Medina foi o primeiro brasileiro a conquistar o Mundial de Surfe, em 2014. Neste ano, a melhor colocação do surfista foi o segundo lugar na etapa do Taiti. Ele também ficou em duas etapas com o terceiro lugar (Gold Coast-Austrália e J-Bay – África do Sul).

Por globoesporte.globo.com