Tempestade obriga adiamento do Itacoatiara Pro nessa quarta-feira

Público precisa aguardar mais um dia para ver os tops do Circuito Mundial na água. Forte tempestade em Niterói obrigou o adiamento da etapa nessa quarta-feira  – Fotos: Tony D´Andrea/Itacoatiara Pro

Tempestade obriga adiamento do Itacoatiara Pro nessa quarta-feira

 Em um dos dias mais aguardados em termos de ondas dentro da janela do Itacoatiara Pro, as previsões não se concretizaram e a direção técnica optou por não realizar disputas em um dia com condições tão adversas. A quarta-feira amanheceu com muita chuva e vento em Niterói, que, somados ao mar mexido, impossibilitou a sequência da competição. Segundo a organização, a expectativa é que as condições melhorem nesta quinta-feira (22) e o evento seja retomado com a sequência da repescagem e o início das disputas pelo Round 3. Distribuindo R$ 100.000,00, uma das maiores premiações do Circuito, e 5.000 pontos no ranking, a etapa brasileira do APB World Tour, que é a terceira do circuito mundial, chega a sua sexta edição e tem prazo até o dia 25 de junho, domingo, para ser encerrada.

“Ninguém esperava esse volume de chuva. A previsão é que o sol volte a aparecer nesta quinta-feira, quando o mar não vai diminuir tanto e as ondas devem chegar aos 2m. Na sexta-feira a tendência é que o mar suba novamente, então a decisão correta foi a de não ter competições hoje para o conjunto do evento. Esperamos ótimas condições para os próximos dias, com o desfecho do evento acontecendo até sexta”, comentou Chico Garritano, Head Judge do Circuito Mundial da APB.

Publicidade

Em prol do espetáculo e dos atletas, o organizador do Itacoatiara Pro, Giuliano Lara, avaliou como acertada a decisão de não ter competição nesta quarta-feira. “Trabalhar com a natureza tem dessas coisas, não é à toa que o campeonato tem onze dias para escolhermos os seis melhores. Essa tempestade chegou muito mais forte do que estava prevista, então em prol dos atletas e do espetáculo a chamada de hoje é day off e acho que foi muito acertada”, disse o organizador do Itacoatiara Pro.


Jacob Romero (Hawaii) – Foto: Tony D´Andrea/Itacoatiara Pro

Dentre os atletas que chegaram cedo ao local com a expectativa de competir, estava o niteroiense Kalani Lattanzi, que entraria no mar pela segunda bateria do dia falou sobre a espera para a disputa da repescagem.”Realmente não tem o que fazer, só esperar. Pode ser que eu faça um treino ainda hoje, mas amanhã estamos firmes para a disputa. Passei um mês no México para me aperfeiçoar e se os adversários são cascas-grossas, nós de Itacoatiara somos brabos”.

Segundo o Centro de Monitoramento e Operações da Defesa Civil de Niterói, os maiores índices pluviométricos acumulados em uma hora foram registrados em Piratininga, o onde um dos pontos chegou a 57,97 mm, em Itaipu (53,83 mm) e Várzea das Moças (37,99 mm). Uma nova chamada acontece nessa quarta-feira, às 7h.

Showroom do Itacoatiara Pro

O showroom do Itacoatiara Pro, está localizado em uma loja na praça do cinema no Plaza Shopping, em frente ao restaurante NOI, onde está exposto todo o histórico da competição, fotos, vídeos e está sendo oferecido ao público entretenimento e brindes. No local, no outro fim de semana, dia 24/06, acontecerá o torneio internacional de Youriding, videogame de bodyboarding onde os atletas irão competir o Itacoatiara Pro virtualmente.
Informações para imprensa:

Danilo Caboclo – danilo@gruposix.com.br – 48 9.9177-8099
Daniel Alves – danielalves.silva.29@gmail.com – 21 – 9.8181-1987