Willian Cardoso é campeão da segunda etapa do circuito Abrasp 2017

SHOW DE SURFE NA PRAIA DA VILA MARCOU A PRIMEIRA ETAPA DO IMBITUBA SURF TOUR NESTE FERIADO

Competição que reuniu os melhores surfistas do Sul do Brasil consagrou Willian Cardoso campeão da segunda etapa do circuito Abrasp 2017

Publicidade

Em um dia ensolarado e com ondas que variaram de 6 a 8 pés, foi aberto oficialmente o Imbituba Surf Tour 2017. O primeiro dia de evento foi exclusivo para a categoria profissional, com supervisão técnica da Abrasp e Fecasurf, valendo pontos para os rankings nacional e catarinense.

A competição profissional contou com 56 surfistas, que enfrentaram baterias de quatro atletas em todas as fases, totalizando quase dez horas de evento. Victor Borges, melhor colocado imbitubense na categoria profissional, não escondeu a felicidade de ir para água com grandes competidores: “são caras que eu sempre vi competir em baterias superiores à minha, sempre quebrando. Chegar aqui em Imbituba com altas ondas e conseguir competir com eles, fazer eles darem o seu melhor, é muito bom.”

O destaque do dia sem dúvida foi o campeão Willian Cardoso, que conseguiu duas notas máximas dos juízes, uma delas na bateria final. O surfista de Balneário Camboriú somou 17.60 pontos e deixou para trás Caetano Vargas (15.75), de Itapoá; Victor Borges (11.65), de Imbituba; e Greg Cordeiro (10.50), de Balneário Barra do Sul. “Foi um dia espetacular, com altas ondas desde o primeiro momento, competi cinco baterias o dia inteiro e consegui expressar meu surfe em várias delas”, colocou Willian.

Categorias amadoras

O Imbituba Surf Tour continuou no domingo (30) e segunda (1º) com as categorias amadoras. Ao todo, 121 atletas competiram nas categorias Petiz, Infantil, Iniciantes, Mirim, Júnior, Master, Soul Surf, Feminino e Adaptados.

Participaram surfistas de todo o Sul e Sudeste do Brasil, em especial os atletas imbitubenses, que aproveitaram a oportunidade para competir em casa. A Escola de Surf do Bananinha, projeto de Imbituba que atende crianças e adolescentes carentes, também esteve presente no evento com vários surfistas competidores, sendo que a ASI isentou dez taxas de inscrições para que mais atletas do projeto pudessem participar.

O surfista Ryan Kainalo foi o grande destaque das categorias amadoras. O atleta de São Paulo, de apenas dez anos de idade, foi campeão das categorias Mirim e Iniciantes, ganhando duas pranchas TrenchTown, das quatro que premiaram os surfistas amadores. Kainalo, no entanto, doou uma das pranchas para a Associação de Surfe de Imbituba, junto com um pedido: “gostaria que fosse destinada a alguma criança que não tem condições financeiras e que mereça”. A ASI parabenizou o atleta pela grande atitude e se comprometeu em atender à solicitação.
Ação social

A organização social Ecosurf Imbituba, a convite da ASI e em parceria com o Projeto Baleia Franca, realizou um mutirão de limpeza na praia durante a primeira manhã de evento, mobilizando ainda voluntários do Grupo de Escoteiros Evolucionários.

Resultados, premiações e pontuações da categoria profissional

1 WILLIAN CARDOSO (Balneário Camboriú/SC) – R$ 1500,00 – 350 pts. Abrasp – 500 pts. Fecasurf
2 CAETANO VARGAS (Itapoá/SC) – R$ 1000,00 – 345 pts. Abrasp –
3 VICTOR BORGES (Imbituba/SC) – R$ 750,00 – 340 pts. Abrasp –
4 GREG CORDEIRO (Balneário Barra do Sul) – R$ 500,00 – 335 pts. Abrasp –

O evento é apresentado oficialmente pela Vida Marinha, TrenchTown SurfBoards e Prefeitura de Imbituba.

Co-patrocinado pelas Bebidas Spricigo, Ótica Nany, Rip Villas, Yázigi Imbituba Mormaii e Recanto Churrascaria. E apoiado pela Diretoria Municipal de Esportes (DME), Lasca Mineração, Sicredi Imbituba, Imbituba Logística Portuária – ILP, Estúdio De Bona, Casa do Surf, Farmácia Fórmula X, Posto Nova Brasília, CBR Logística, V8 Construtora, Exército Futsal, Pousada Henrique Lage, Snet Soluções em Internet, Silvestre Praia Hotel, TAC Contábeis, Pousada do Mirante, Agropet, Escola kite&Surf, Ocean Drop, Gi Goulart Moda Praia, Rip Fibras, Rancho do Surf, Mercado da Zeza, Pizzaria Del Mondo, ABS Motors, Maison da Moda e Praia Hotel Imbituba, Pico da Tribo e Zdoze.

O Circuito é uma realização da Associação de Surf de Imbituba com supervisão da Associação Brasileira de Surf Profissional (Abrasp) e da Federação Catarinense de Surf (Fecasurf).

Por Federação Catarinense de Surf Fecasurf

Galeria de Imagens