1ª Etapa do Garopabense reescreve a história do surf amador catarinense

Galera presente na etapa inicial do Circuito. Foto Basílio Ruy

A história das competições amadoras em SC se divide antes e depois deste final de semana. A 1ª a etapa do Circuito Silverbay Garopabense de Surf 2017 foi um marco para o surf catarinense, confirmando todas as expectativas em relação ao evento.

Publicidade

A palavra sucesso descreve perfeitamente a primeira etapa do Circuito Silverbay Garopabense de Surf 2017. As previsões se confirmaram, e as direitas do costão sul da Silveira quebraram com excelentes ondas chegando até 1 metro na série. Para a maior parte dos competidores, o lendário “point break” do sul do Brasil foi uma experiência diferente e assustadora.

“Nunca tinha disputado uma bateria de campeonato com as ondas quebrando no mesmo lugar num fundo de pedra”, revelou o atleta Mirim Hedieferson Junior para a transmissão do evento pela internet, logo após vencer sua bateria.

Circuito Silverbay transmitido pela internet

Outra inovação implantada nesta etapa foi à transmissão ao vivo das baterias pela internet, levando as imagens de Garopaba para todo o planeta. Com uma logística digna de eventos do circuito mundial, a grande audiência que prestigiou as disputas aprovou essa mudança de conceito nas competições amadoras.

“Sinceramente um evento desse porte, realizado com carinho e seriedade por toda equipe, merece o prestígio e toda consideração”, declarou Richard Saldanha, que trouxe seu filho Rodrigo Saldanha para competir em Garopaba.

Richard veio de Maresias e é irmão de Charles Saldanha, pai do campeão mundial Gabriel Medina. Ele já está se programando para voltar nos próximos eventos e trazer mais competidores de sua região.

O cearense Raymundo Pena, proprietário da marca Pena e um dos co-patrocinadores do circuito, estava impressionado com o campeonato. “O show de surf que presenciei na Silveira, quebrando com altas ondas foi demais. Parabéns a todos organizadores que realizaram um campeonato de surf que realmente valoriza os atletas e os amantes do esporte”, encerrou Pena.

Silveira presenteia finalistas

O domingo decisivo foi realizado na estrutura principal. Foram oito finais que definiram a primeira etapa do Circuito Silverbay Garopabense de Surf 2017. No sábado, quatro categorias foram decididas no palanque alternativo no canto sul da praia.

A primeira final foi na Feminino Junior, com o título para Rafaela Coelho, da Guarda do Embaú (SC). Na sequência, em confronto eletrizante da categoria Junior, uma das melhores da competição, teve o título para o imbitubense Leonardo Barcelos.

Outra categoria de alto nível foi a Master, reunindo surfistas experientes quando o assunto é competição. Nos 15 minutos decisivos, Raphael Becker simplesmente dominou as ações, marcando três notas excelentes e confirmar o título.

A final Iniciantes revelou uma excelente geração de jovens surfistas. Yan Sondahl fez a maior nota da decisão (8.35), virando resultado a seu favor nos 30 segundos finais da disputa pra ficar com a vitória.

A decisão da Adaptados sempre atrai as atenções pelas performances desses surfistas, verdadeiros campeões das adversidades da vida. Jonathan Borba repetiu o resultado no Farol há duas semanas e venceu mais uma.

Luiz Mendes abriu a decisão da Mirim com uma onda excelente, e foi o campeão da etapa. A última final entre as meninas foi na Feminino Open e quem se deu melhor foi a local Fernanda Espíndola, que se prevaleceu do conhecimento do pico.

A categoria Open fechou essa etapa do Silverbay Garopabense de Surf, coroando um final de semana inesquecível para o surf amador catarinense e brasileiro. Felipe Kita Martins conseguiu no final da bateria a onda vencedora, virando pra cima do local Pedro Mendes.

Esta etapa valeu pontos para o Circuito Catarinense SC QS 6000 da Fecasurf e para o Circuito Sul Catarinense de Surf.

Esta primeira etapa do Circuito Silverbay Garopabense de Surf 2017 foi apresentado pela Pro Ilha Surfboards. Co-patrocínio das marcas ZDOZE, Mormaii, Pena, Biquinis Acquamar, Hamburgueria Guna Made  e Incorporadora Giesta. Apoio: Two Dogs, Stick Bumps, Tokoro, Supermercados Silveira, H2O Sushi, Restaurante Zanoni, Bando, Graphite, Juice Point, Go Training, E- Silveira Sul, Carlos Carpinelli Arts, Beira Mar Pousada, Ferrujão, Morada Prainha, Ailton Souza, Prime.Press07 Assessoria & Comunicação, Wave Data e AR Eventos. Parceiros: ASF (Associação de Surf da Ferrugem), Projeto Monitoramento Mirim Costeiro, ICMBIO e Corpo de Bombeiros de Garopaba. Realização: ASG (Associação de Surf de Garopaba) e Silvervbay. Supervisão Técnica: Fecasurf. Divulgação: Waves.

Resultados

Open

1º-  Felipe Kita Martins

2º-  Pedro Mendes

3º- Roni Ronaldo

4º- Álvaro Bacana

Junior

1º- Leonardo Barcelos

2º- Tayron da Silva

3º- Lucas Vicente

4º- Swell Henrique

Master

1º- Raphael Becker

2º- Roni Ronaldo

3º- Berg Francisco

4º- Álvaro Bacana

Feminino Junior

1ª- Rafaela Coelho

2ª- Manu Ronnau

3ª- Natalia Schier

4ª- Lanai henrique

Feminino Open

1ª- Fernanda Espíndola

2ª- Fabiana Morais

3ª-  Manu Rônnau

4ª-  Yasmin Dias

Iniciantes

1º- Yan Sondahl

2º-  Rodrigo Saldanha

3º- Ryan Kainalo

4º- Luiz Mendes

Adaptados

1º- Jonathan Borba

2º- Luciano Nem

3º- Robson Gasperi

4º- Gelder Costa

Mirim

1º-Luiz Mendes

2º- Tayron da Silva

3º- Leonardo Barcelos

4º- Yan Sondhal

Resultados das finais de sábado

Petiz

1º- Davi Glazer

2º- Antonio Vitorino

3º- Gabriel Ogasahara Alves

4º- Artur Darela

Infantil

1º- Ryan Kainalo

2º- Caetano Silveira

3º- Luan Gonzales

4º- Cauet Frazão

Feminino Infantil

1ª- Gabriely Vasque

2ª- Julie Arissa

3ª- Clara Chaves

4ª- Fernanda Andrade

Feminino Iniciantes

1ª- Rafaela Coelho

2ª-Ariela Andrade

3ª- Isabela Saldanha

4ª- Lanai Henrique

Fotos Basilio Ruy

Galeria de Imagens