2ª etapa do Rip Curl Guarujá Open 2017 começa com grandes duelos

Estrutura. Foto Silvia Winik

Primeiro e segundo colocados na abertura do Circuito, Gustavo Ribeiro e Giovani Pontes voltaram a surfar muito bem no primeiro dia da 2ª etapa do Rip Curl Guarujá Open 2017, nesta sexta-feira (1º), na Praia das Astúrias.

Publicidade

A competição segue até domingo (3), com as finais realizadas das dez às 13h30. Outra atração será neste sábado, com a Re/Max Session, uma bateria especial valendo R$ 500,00 para a manobra mais radical.

Nesta sexta-feira, com boas ondas, Gustavo Ribeiro garantiu a melhor nota entre todos os atletas, um 9,17, explorando bem a onda com um lay back, fazendo um grande arco de água, para depois concluir com uma manobra forte na junção. Para completar, tirou um oito, somando 17,17 pontos de 20 possíveis.

“Graças a Deus estou numa fase muito boa. Como falei na primeira etapa, venho treinando muito, estou com uma prancha muito boa também e agora é continuar focado e buscar a vitória novamente”, disse, citando o trabalho do shaper Pierre. “É uma prancha que já tenho há quatro meses, já ganhei cinco campeonatos com ela. É mágica!”, elogiou Gustavo.  

Giovani Pontes. Foto: Silvia Winik
Gustavo Ribeiro. Foto: Silvia Winik

Giovani não ficou muito atrás e fez bonito tanto na pro-am quanto na júnior, classificando para as semifinais em ambas. Na sub18 tirou um 8,67 e um 8, para marcar 16,67. Ihgor Sant’Ana foi outro atleta com boa atuação no começo do dia. Teve a terceira maior somatória do dia – 16 pontos – na fase inicial da júnior, mas depois foi desclassificado tanto na sub18 quanto na pro-am.

Quem também surfou bem foi outro talento da nova geração, Guilherme Silva. O atual supercampeão do Circuito Luan Hanada é outro classificado para a semifinal. Guilherme, Luan e Giovani estão juntos na primeira disputa, junto com Ícaro Rodrigues, especialista em aéreos.

Na outra semi, Gustavo terá pela frente Nathan Brandi, Nathan Kawani e o experiente Gilmar Silva, que também fez final na etapa inicial, realizada na Praia do Guaiúba. Vale destacar que os seis semifinalistas da pro-am já entram na premiação de R$ 3 mil, com o vencedor levando para a casa R$ 1.050,00.

Na júnior, Giovani Pontes também já está na semifinal, contra Renan Hanada e Eduardo Mota. Na outra bateria, aparecem Vinicius Parra, João Pedro e o atual campeão paulista, Alax Soares.

Já na mirim (sub16), Luan Hanada também está em sua segunda semi no evento, enfrentando Renan Nascimento e Eduardo Motta (outro classificado em duas semis). Pedro Pupo, vencedor na etapa inicial, encabeça a segunda semifinal contra Gustavo Giovanardi e Caio Augusto.

Neste sábado, o campeonato recomeça às 8 horas, com a categoria longboard. Depois, a pro-am define os finalistas. Na sequência entram no mar os atletas do Sup Wave e a semifinal da júnior. O dia continua com a fase 1 da feminina, a semi da mirim e a estreia dos caçulas da petit. Já às 13h25 será realizada a Re/Max Session. Ainda entram no mar a estreante a feminina, ambas com semifinais, e encerram as disputas a categoria master.

No total, o Circuito terá três etapas, com a grande final em outubro, na praia que oferecer melhores condições de ondas na ocasião. A disputa decisiva também contará com a bateria especial para definir o supercampeão, uma tradição no evento, garantindo ao melhor entre os campeões municipais, uma viagem para a Indonésia, oferecida, pela Ocean Travel.

Veja abaixo o Highlight da sexta feira:

O Rip Curl Guarujá Open 2017 é apresentado pela ASG. Patrocínio: Sucos Do Bem. Apoios: Prefeitura Municipal de Guarujá, através da Secretaria de Esportes e Lazer, Imobiliária Re/Max Beach Home Leads, Faup Comunicação Visual, Ocean Travel, Millenium, Rip Wave, CFour Shaper Supply, Fu Wax, CT de Surf Lugar ao Sol, Colégio Don Domênico, Cross Fit Guarujá, Subway e Restaurante Saborear Pitangueiras. Supervisão: Federação Paulista de Surf. Divulgação FMA Notícias e Revista Hardcore.

image008

Fotos: Silvia Winik

Por Fábio Maradei  FMA Notícias

Galeria de Imagens