Ceará lidera em dia de recorde de inscritos e de potiguar voador

 

CBSurf Tour 2016

Publicidade

Ceará lidera em dia de recorde de inscritos e de potiguar voador

Em um primeiro dia de muito sol e ondas exigentes, a badalada Praia do Atalaia, em Salinópolis, Pará,  recebeu a nata do surf de base brasileiro que prestigia até este domingo a segunda parada do Brasileiro de Seleções da Confederação Brasileira de Surf, o CBSurf Tour 2016.

O recorde de inscritos exigiu trabalho redobrado da grande equipe técnica que tem integrantes locais e maioria de vários estados, desde Santa Catarina até o Maranhão, este o novo estado legalmente filiado, o que aumentou ainda mais a representatividade e satisfação da CBSurf.

Duas estruturas totalmente independentes arbitraram baterias por todo dia, além da estrutura principal se usou um palanque móvel onde se definiram integrantes de quatro finais: primeiro a dos Sub 14, que terá o sempre líder Yuri Barros (PB), Bruno Marroche (BA), Herbert Ribeiro e Lucas Bezerra (CE), os da Sub 16 Cauã Nunes, pernambucano em busca do bi, o potiguar Leonardo Berbet, e dois que ainda são Sub 14: o paraibano Felipe Alves e o cearense de duas finais Lucas Bezerra, além das finalistas em duas Femininas, a da Open na qual estarão a líder Luara Thompson (RJ), sua vice Ramaiana Silveira (PE)  a terceira Dayse Costa (PA) além de Letícia Cavalcanti, do Ceará, estado que provisoriamente lidera a etapa por seleções após o rush de baterias do sábado nas ondas de “Salinas”.

Na decisão Júnior Feminina quase todos os nomes são os mesmos da Open Sub 18 delas com uma segunda carioca Karol Ribeiro se somando as duplamente finalistas Luara Thompson (RJ), a primeira da categoria Dayse Costa (PA) e Letícia Cavalcanti, do CE.

O dia foi marcado também pelo recordes do potiguar Paulo Enrique, autor de imbatíveis 17 pontos de média.

Trio com mais de 6000

Paulo Enrique chegou ao Pará na condição de vice líder do ranking e agora, após a precoce baixa de Denner Carvalho (PB), está com as maiores chances a sair na ponta que ameaça e também almeja Tiago Silva pernambucano, que iniciou a “Batalha de Salinas” em terceiro e tirou da cartola aéreos quase tão bem pontuados quanto os do natalense voador “Grilo”, como é chamado o recordista Paulo Enrique.

Entre as nove seleções que iniciaram com 7820 pontos a do Ceará com 6861 foi quem menos perdeu atletas pontuadores mas tem a ameaça dos primeiro da temporada, Pernambuco,  e do vice  Rio de Janeiro, que podem chegar a 6257 e 6085 respectivamente enquanto o anfitrião Pará é quarto com potencial de 4852  pontos que manterá se Dayse Costa vencer as duas finais que disputará e na Open o vitorioso for um de seus quatro atletas ainda lutando pela maior fatia da rica premiação, número só inferior aos de cearenses que possuem cinco entre os dezesseis classificados para as quartas de final em que do primeiro ao estado sétimo colocado permanecem representados. Na Júnior Lucas Marcelo e Wellington Reis buscam somar 1900 pontos para Alagoas, Terra dos Marechais que na Open tem Júlio Cesar Cardoso tentando 1000 pontos no dia final da “Batalha de Salinas” expressão cunhada pelos alagoanos ao chegarem na bela cidade paraense de Salinópolis.

IMPORTANTE

Você pode conferir todas as baterias do dia acessando:http://www.surfcore.com.br/system/2016/brasileiro_am/index.php.

O Circuito de Seleções da Confederação Brasileira de Surf, o CBSurf Tour, encerra hoje sua 2ª etapa em Salinópolis, contando com o patrocínio da Fundação Cultural do Estado do Pará, Governo do Pará, Assembleia Legislativa do Estado e Prefeitura Municipal de Salinópolis. Divulgação: Jovem Pan 102,3. Realização: Confederação Brasileira de Surf, Federação Paraense de Surf (FEPASURF) e Abraspo-Associação Brasileira de Surf na Pororoca.

Pontos ainda possíveis por estado

1º Ceará 6861 pontos

2º Pernambuco 6257

3º Rio de Janeiro 6085

4º Pará 4852

5º Rio Grande do Norte 4484

6º Bahia 4202

7º Alagoas 3739

8º Paraíba 3592

9º Maranhão 916

George Noronha e Chico Padilha

Galeria de Imagens