Pernambuco foi o grande campeão do circuito da Associação Nordestina de Surf 

Cézar Aguiar PE campeão da categoria Pro. Foto Chico Padilha

Os atletas que representam o estado venceram três das quatro categorias da competição, que integrou o Rota do Mar Surf and Music

Publicidade

Pernambuco foi o grande campeão circuito da Associação Nordestina de Surf (ANS), o ANS Tour Nordestino de Surf Profissional, realizado neste domingo (23). As competições marcaram o fim da temporada do Rota do Mar Surf and Music 2017, que nos últimos três fins de semana trouxe diversas disputas de surf para a Praia de Maracaípe, em Ipojuca. Cezar Aguiar, Tarcísio Williams e Lucas Lisboa venceram as disputas nas categorias Profissional, Open e Mirim, respectivamente. Já a Júnior quem levou foi o cearense Thiago Eduardo.

Para o vencedor da categoria Pro Cezar Aguiar, foi uma competição difícil. “Mas no final consegui achar duas ondas boas e completar a somatória de pontos”, disse. Ele contou que quase desistiu de competir, mas prosseguiu graças ao apoio da esposa, que está grávida – o casal espera uma menina. “Espero que minha filha também possa surfar”, comentou. Tarcísio Williams, ganhador da categoria Open, falou que ganhar em casa é melhor ainda. “Agradeço demais o apoio da torcida, foi fundamental”.

Lucas Lisboa. Foto Chico Padilha

Segundo colocado no Campeonato Brasileiro de Surf, Lucas Lisboa venceu a categoria Mirim na competição da ANS. “Estou muito feliz de vencer aqui e ter tido o resultado que tive no Brasileiro. Agora é treinar mais e seguir em frente, afirmou. O representante do Ceará Thiago Eduardo fez bonito na temporada: levou o primeiro lugar na categoria Júnior e ficou em segundo na categoria Mirim. “Eu vim na expectativa de ganhar a Mirim, que também é muito disputada. Mas graças a Deus consegui pegar a manha das ondas daqui e pude ganhar a Júnior, e fazer bons scores”, afirmou.

Geraldo Cavalcanti, da Associação Nordestina de Surf, ressaltou a importância dos parceiros para o sucesso do evento, que incrementa o surf e a renda de Ipojuca, a cidade anfitriã. “Em Maracaípe, com o evento assinado pela Rota do Mar, uma das marcas que mais investiu em competições de surf na região nestes quatro anos, finalizamos com chave de ouro o mês em que a capital do surf nacional foi Maracaípe”. O evento, patrocinado pela Rota do Mar, é uma realização da Federação Pernambucana e da Associação Nordestina de Surf com apoio da Prefeitura de Ipojuca, Pranchas Real Magia, Blocos Teccel, Pousada Parador 081, Chalés de Maracaípe, Pousada dos Coqueiros, Instituto Darwin, Bar do Marcão, Restaurante da Mônica e Restaurante do João.

Thiago Eduardo. Foto Chico Padilha

RESULTADOS

Junior

1º Thiago Eduardo (CE) – 14,45

2º Geovanne Alves (RN) – 12,50

3º Erick Chalaça (PE) – 10,70

4º José Cláudio (PE) – 9,40

 

Mirim

1º Lucas Lisboa (PE) – 12,25

2º Thiago Eduardo (CE) – 10

3º Deryck Victor (RN) – 8,20

4º José Cláudio (PE) – 6,20

 

Open

1º Tarcísio Willians (PE) – 12,85

2º Felipe Soreano (AL) – 11,35

3º Oswaldo Cajá (PE) – 8.95

4º Manoel de Assis (PE) – 3

 

Pro

1º Cezar Aguiar (PE) – 15,35

2º Michel Roque (CE) – 13,35

3º Bruno Rodrigues (PE) – 13,15

4º Israel Júnior (RN) – 12,35

Por Kássia Alcântara Combogó Comunicação

Tarcisio Willians. Foto Chico Padilha